A Mesa do Chef espera por si no Restaurante Saraiva’s

Foi nos anos 70 que ganhou fama como um dos melhores restaurantes da capital. Passadas praticamente três décadas, o Restaurante Saraiva’s renasceu para nos brindar com uma gastronomia digna de referência.


Pertença do grupo Tágide, de Suzana Barros de Brito, teve como responsável pelo design de interiores a arquiteta Teresa Monteverde.

A opção passou por dar à cidade um espaço pleno de luz natural, onde sobressaem os apontamentos tropicais. Impossível não fazer referência às peças Bordallo Pinheiro, aos elementos decorativos que nos trazem à memória a década de 70, como os candeeiros de época, e ao painel de cerâmica datado do século XIX.

O convite surgiu para experimentar a Mesa do Chef, o novo conceito que o Restaurante Saraiva’s. De acordo com a nova imagem do restaurante, mais moderno e cosmopolita, a ideia é juntar à mesma mesa, numa sala privada, 18 convidados que, conhecidos entre si ou não, são desafiados a viver uma experiência única.

Lisbon Dry Popcorn

Uma jornada gastronómica, pautada pela descoberta das sugestões do chef Gonçalo Costa, que se desenrola ao longo da apresentação de 10 pratos.

Pasta de alho francês, pão de folha e focaccia

Os senhores da festa são os produtos. Cuidadosamente seleccionados de acordo com a época do ano, cada um é minuciosamente harmonizado num conjunto gastronómico que tem como principal finalidade surpreender o palato dos convidados. Desta forma, surgem inesperadas combinações em apresentações muitas delas igualmente “fora da caixa”.

Escabeche de atum e gengibre

A inspiração chega da temporada que o chef passou nos Brasil. Depois, com sabedoria e mestria, são acrescentados alguns pozinhos de magia, como as memórias de antigas viagens ou os sabores e aromas inesperados que foi experimentando ao longo da vida.

Língua de vaca escarlate

Sopa de cebola gratinada

Bobó de camarão

O resultado não podia ser melhor, pois cada uma das iguarias consegue surpreender um pouco mais do que a anterior. E isto é um bom sinal, pois demonstra uma tremenda capacidade criativa por parte do chef Gonçalo Costa. Exemplo disso mesmo é o cocktail de abertura, o Lisbon Dry Popcorn, o qual integra ingredientes inesperados, como a abóbora envelhecida e os apontamentos de pipoca de torresmos, sendo criado de acordo com super elaboradas técnicas gastronómicas. A verdade é que por mais que escrevamos jamais vai ter a exacta noção do que é este prato, pois para tal tem mesmo de o experimentar.

Bacalhau, gema de ovo, cabelo de anjo e azeite de trufa

Bochecha de vitela estufada com molho Rossini

Deixe-se conduzir e descubra cada sugestão com abertura de espírito, deixando de lado ideias pré-concebidas, pois até língua de vaca vai degustar e garantimos que vai adorar.

Sorvete

Pêra bêbeda em duo de Vinho do Porto

Restaurante Saraiva’s
Rua Engenheiro Canto Resende, nº.3
1050-104 Lisboa
Almoço: 12h30/15h00; jantar: 19h30/24h00 (encerra ao domingo)
Tel. 213 404 010

Mesa do Chef
Preço: 38 euros por pessoa

Texto e fotos: Sandra Pinto

You May Also Like

Jamie Oliver’s Pizzeria o novo spot em Lisboa

Soul Garden a alma do Corinthia Hotel Lisbon em forma de bar

Nova carta de bebidas do Palácio Chiado recebe o Verão

Vila Valverde Design & Country Hotel recebe jantar com chefs Michelin

error: Conteúdo protegido. Partilhe e divulgue o link com o crédito @lookmag.pt