Alimentar o amor

E ao segundo mês de 2013, permita-me dar-lhe as boas-vindas a esta minha coluna em que mensalmente falarei da alimentação e da vida! Espero que a crónica reflita o que querem saber, pelo que as suas sugestões e críticas serão sempre bem-vindas.

Fevereiro é o mês dos corações. Sim eu sei que Maio é que é o mês do coração, mas haverá símbolo maior para o amor?

Também tenho conhecimento que para o amor todos os dias ou meses são especiais, mas vou seguir a tradição importada recentemente e vou escrever sobre o amor este mês.

Podemos alimentar o amor sem engordar? Claro que sim. A barriga também se enche de risos e sorrisos e os afetos são um excelente calmante da gula. E é ótimo ter companhia para dançar e praticar exercício para compensar alguns exageros.

Dia 14 está a chegar e ainda não marcou mesa para o restaurante da moda? Não desespere. Porque não jantar em casa? Crie pratos temperados com prazer.
É extensa a lista de alimentos a que são atribuídas propriedades afrodisíacas.

Selecionei alguns, tome nota:
Ostras
Contêm grandes quantidades de zinco e selénio e são estes dois minerais que lhes conferem o estatuto de alimento afrodisíaco. Também contém ácido aspártico, responsável pela libertação de hormonas como a testosterona ou estrogénio. Retire o champanhe do frio e sirva as ostras.
Atum
Rico em zinco, selénio, vitaminas B12 e B3, proteínas e ácidos gordos essenciais ómega 3, o atum é, frequentemente, encarado como o rei dos alimentos sensuais. Aumenta a produção de esperma e fortalece a libido. Inclua-o no seu jantar do dia dos namorados.
Chocolate preto
É rico em serotonina, um químico que estimula a área no nosso cérebro ligada ao prazer, e em fenilalanina, o aminoácido que atua sobre o despertar e melhora a disposição. Saboreie-o (de vez em quando), optando sempre pelo chocolate mais preto que encontrar, isto é, mais rico em elementos afrodisíacos.
Tomate
É uma das fontes mais ricas em betacaroteno, precursor da vitamina A, essencial para a produção das hormonas sexuais masculinas e femininas e para promover a fertilidade do casal. Por ser baixo em calorias é um afrodisíaco light.
Papaia
A sua polpa alaranjada é uma boa fonte de cálcio, necessário para a contração muscular associada à ereção masculina e ao orgasmo feminino; e vitamina C, um estimulante do desempenho sexual.
Amoras silvestres e framboesas
Sendo duas das mais ricas fontes de vitamina C, constituem ingredientes importantes num cabaz de compras sensual. São também uma boa fonte de vitamina E, necessária para o aumento do impulso sexual.
Açafrão
É a especiaria mais cara do mundo, muito por culpa de na Índia ter a fama de possuir efeitos estimulantes a nível sexual. Somente o açafrão oriundo da planta asiática (crocus sativus) possui um poder especial sobre a libido.

Consumido com moderação, o álcool pode atuar como um afrodisíaco ao tornar-nos mais sensíveis ao tato e desinibir. Brinde ao amor com um copo de um bom vinho tinto à refeição.

O afrodisíaco infalível? O amor! Alimente-o bem, e repita as vezes que forem necessárias!

Por Ana Ni Ribeiro
http://anitricionista.blogs.sapo.pt/
http://www.facebook.com/ANitricionista

You May Also Like

Testámos o novo Bio-Oil Gel e aqui partilhamos o resultado

Experimentámos SKINGAIN e o resultado foi este.

Afinal o que é a meditação? Por Maria João Viana

Lipoaspiração e lipoescultura: pois é, chegou o Verão. Por Luiz Toledo, cirurgião plástico

error: Conteúdo protegido. Partilhe e divulgue o link com o crédito @lookmag.pt