Testado & Aprovado: Os croissants (deliciosos) da Maria Croissant

Fomos conhecer a loja Maria Croissant do Centro Comercial Colombo e descobrimos um espaço acolhedor, um staff simpático e uns croissants de fazer crescer água na boca.

Reza a história que o croissant nasceu, não em França, mas sim na Áustria. Em 1683, padeiros da cidade de Viena criaram esta iguaria, dando-lhe o formato alusivo à bandeira do Império Otomano, derrotado então pelos austríacos.

Mas como é que ficaram croissants tão conhecidos em França? Tudo aconteceu 1770, quando a arquiduquesa da Áustria, Maria Antonieta casa com o rei francês Luís XVI e se muda para a corte em Paris. Desde então, o croissant ganhou uma enorme popularidade em França sendo hoje considerado um elemento tradicional da gastronomia do país.

Alguns anos depois, mais exatamente em 2020, a receita do croissant folhado de Maria Antonieta ganha um renovado sabor, tradicionalmente português com a Maria Croissant.

Criada por mãos portuguesas, a marca conjuga o toque da sabedoria nacional com a mestria de um sabor original. A receita foi aperfeiçoada até atingir um paladar e uma textura que marcam pela diferença. Quem chega à Maria Croissant pode saborear um croissant em forma de lua em quarto crescente, de crosta crocante e cor dourada, que se distingue também pelo miolo húmido e areado.

Descubra todas as lojas aqui.

Abóbora doce e queijo creme
Maça e canela
Kinder bueno

 

 

Sumos naturais de abacaxi e hortelã, e goiaba

Pela nossa cara dá para perceber o quanto nos agradou a experiência.

You May Also Like

Tindersticks no Coliseu de Lisboa. A elegância intemporal das boas canções

The Horoscope Edition: lenços para vestir o zodíaco

Arkopharma apresenta novos lançamentos

Triumph vai muito para além da praia

error: Conteúdo protegido. Partilhe e divulgue o link com o crédito @lookmag.pt