"O Regresso de D. Sebastião", de Abdul Rahman Azzam

“O Regresso de D. Sebastião”, de Abdul Rahman Azzam

Dado como morto na Batalha de Alcácer-Quibir, o corpo do jovem rei nunca foi encontrado. Vinte anos depois, surgiu, em Veneza, um estranho que afirmava ser D. Sebastião. Um charlatão, julgaram-no, mas os sinais distintos que trazia no corpo e o facto de saber tantos pormenores da vida do rei desaparecido levantaram algumas dúvidas. Esta é a premissa na origem do livro O Regresso de D. Sebastião, da autoria do historiador Abdul Rahman Azzam.

Outrora rico e abençoado por Deus, Portugal estava em declínio quando D. Sebastião nasceu. Nele recaíram as esperanças do povo e desde logo ganhou o seu cognome: O Desejado. Contudo, a sua convicção religiosa e militar levou-o a lutar em Marrocos, de onde nunca regressou. Embora tenha sido enterrado não uma nem duas, mas quatro vezes, o mito perdura até aos dias de hoje. Poetas e cantores dedicaram-lhe as suas palavras e os portugueses ansiaram pelo seu regresso, num cerrado nevoeiro.

Inspirado pelos mitos e lendas sobre D. Sebastião, Abdul Rahman Azzam leva-nos até Veneza onde, em 1598, um estranho abalou um reino e acordou o povo português, dominado pelos espanhóis desde o desaparecimento do seu rei. Seria ele D. Sebastião? Seria mais um impostor?

O Regresso de D. Sebastião
Abdul Rahman Azzam
Editorial Presença

You May Also Like

Parfois lança uma coleção cápsula tendência inspirada na beleza dos contrastes.

Parfois lança coleção cápsula inspirada na beleza dos contrastes Yin & Yang

Incensos tradicionais Spa Ceylon: descobrimos a maneira perfeita de trazer boas energias

Chegou o Nano X1 Grow da Reebok

Chegou o Nano X1 Grow da Reebok

É fã dos Monty Python? Esta coleção da Happy Socks é para si

É fã dos Monty Python? Esta coleção da Happy Socks é para si

error: Conteúdo protegido. Partilhe e divulgue o link com o crédito @lookmag.pt