Gotham by Jon Marx

Jon Marx-outubro-LookMag_pt00

Os espectadores habituais do canal Fox tiveram, nos últimos dias, a oportunidade de assistir ao clip promocional da série “Gotham”, com estreia em Portugal agendada para as próximas semanas. O episódio piloto foi transmitido no passado dia 22 de setembro na Fox norte-americana.

As filmagens decorreram nas ruas de Nova Iorque e em cenários localizados no bairro de Brooklyn de modo a transportar o espectador para a Big Apple dos anos 70, bem longe da imagem da cidade lúgubre e gótica, tal como foi caracterizada nos marcantes filmes de Tim Burton, “Batman” e “Batman Returns”.

A história decorre à época da entrada de James Gordon, o futuro comissário das histórias do Morcego, para o Departamento de Polícia de Gotham City, onde vai fazer parceria com o detective Harvey Bullock, um polícia corrupto com ligações à família Falcone, os barões do crime de Gotham. O primeiro caso atribuído a esta dupla é o do assassinato de Martha e Thomas Wayne, um distinto casal de milionários filantropos da cidade, abatidos a tiro à saída do teatro. O crime foi testemunhado pelo filho, Bruce, que mais tarde, e na sequência deste acontecimento, se tornaria em vocês-sabem-quem.

Neste primeiro episódio, para além do futuro comissário Gordon e da sua mulher Barbara, vários personagens das histórias de Batman aparecem, de forma mais ou menos fugaz. O mordomo Alfred Pennyworth, Selina Kyle, Ivy, Oswald Cobblepot e Edward Nygma fazem modestas aparições na história mas nenhum deles apresenta já as características que os tornarão famosos como super-inimigos do Batman, respectivamente Catwoman, Poison Ivy, Penguin e The Riddle. As informações que a Fox foi tornando públicas levam a crer que a série acompanhará a transformação de vários destes pequenos rufias em super-vilões. Ao contrário do que seria de esperar, a figura do Batman estará ausente desta história que manterá o foco no personagem do futuro comissário.

Jon Marx-outubro-LookMag_pt01

O elenco conta com Ben McKenzie, que anteriormente participou em “O.C.” e “Southland”, no papel de Gordon, e com Donald Logue, que se destacou nos últimos anos em papéis secundários nas séries “Sons of Anarchy” e “Law & Order- S.V.U.”, no papel do corrupto Bullock. Enquanto McKenzie é, claramente, um erro de casting, Logue perde-se, como infelizmente já se tornou habitual, em registos inúteis de “overacting” (ver cena de diálogo com o comandante quando recebe a notícia que vai fazer parceria com o novato Gordon).

Pelo que pude verificar do primeiro episódio, não é necessário ser um fã de Batman para assistir a “Gotham”, mas vai ser difícil alguém se manter fiel à série se não o for. O lado negro, presente em todos os personagens das histórias do Batman, boas ou más (felizmente, predominantemente más), é substituído por uma leveza e uma superficialidade própria dos vilões de “Crime, Disse Ela” ou “Midsommer Muders” (uma série extraordinária, por sinal). Oswald Cobblepot, o Penguin, mauzão de serviço com mais tempo de antena neste episódio piloto, está longe do psicopata assassino protagonizado por Danny DeVito em “Batman Returns”, mais parecendo um figurante de um episódio dos “Malucos do Riso”.

Jon Marx-outubro-LookMag_pt02

Por sua vez, o argumento é confuso e superficial, tornando-se penosa a forma como os autores tentaram enfiar tanto personagem que estamos habituados a ver na banda desenhada na mesma história, sofrendo este episódio piloto de um caso de excessivo “name dropping”.

A julgar pelo título, o segundo episódio será dedicado a Selina Kyle, a Cat Woman. Vamos aguardar e esperar que os próximos episódios corrijam alguns pormenores que afectaram, e muito, o episódio inicial. Caso contrário, até o mais fanático fã de Batman terá dificuldade em seguir esta sequela das aventuras do Morcego.

https://www.facebook.com/ListaRebelde?fref=ts

Texto: Jon Marx

You May Also Like

“Serão os Joy Division a banda mais importante dos anos 80? Não tenho dúvidas sobre isso”, diz Jon Marx

João Teixeira, presidente da Direcção da AUDIOGEST: “Apoios de crise no sector da cultura – o que falta”

À conversa com o nutricionista Pedro Carvalho

Sugestões para maratonas de séries para ver ou rever

error: Conteúdo protegido. Partilhe e divulgue o link com o crédito @lookmag.pt