“Bairro Sem Saída” de Fernando Ribeiro

A acção situa-se no Bairro mais clandestino da Europa durante os anos 70 e 80: a Brandoa e é narrada por Rogério Paulo, nascido durante o terramoto de 28 de Fevereiro de 1969.

O narrador cresce marcado pela morte do seu primo Fernando dois dias antes de nascer, acompanhado pelas personagens fantásticas do Bairro sem Saída: o seu amigo e Mário, diabético que vai desaparecendo; a cigana Zíngara e suas maldições; o monstruoso ser de duas cabeças que lhe ensombra a infância; a Noiva de Branco, que se atira da janela do quarto andar.

Um livro com os batimentos rápidos do heavy metal e a melancolia escura do gótico, sem esquecer uma boa dose de humor, apresentando a eterna guerra entre ricos e pobres.

Este é o primeiro romance de Fernando Ribeiro, que aqui apresenta a sua outra voz, tão forte e ousada como na sua banda, mas, agora, traduzida nas palavras de um livro que grita, emociona, entretém e encanta.

Sobre o autor
Fernando Ribeiro nasceu em 1974 em Lisboa e foi criado no bairro da Brandoa, nos arredores da Amadora. Em 1992 cria a banda de Heavy Metal Português MOONSPELL que em 2022 celebra 30 anos. Nestas três décadas o grupo tornou-se o mais internacional de sempre de toda a música portuguesa com milhares de discos vendidos e tours nos cinco continentes. Em 2001 edita o seu primeiro livro de Poesia “Como Escavar um Abismo” a que se seguiram outros dois: “As Feridas Essenciais” e “Diálogo de Vultos”. Abraça o amor pelas Letras no Curso de Filosofia e acumula experiências no campo da ficção com “Senhora Vingança” contos/2011), do comentário (TSF, Jornal de Leiria) e tradução (“Eu sou a Lenda”).

Bairro Sem Saída
Fernando Ribeiro
Suma de Letras

You May Also Like

À conversa com Sacred Sin

Rui Reininho abre a temporada 2021/2022 da Culturgest

Nuno Varudo apresenta o projeto Lisboa Negra

Capa de vinil sobre tapete vermelho – THE CLASH – LONDON CALLING (1979)

error: Conteúdo protegido. Partilhe e divulgue o link com o crédito @lookmag.pt