Alopecia e autoestima – um problema com solução

O conceito de beleza tem evoluído e mudado frequentemente ao longo da história da humanidade, mas há um ponto que se manteve constante: a presença de uma cabeleira densa e forte sempre foi associada a beleza e juventude, em homens e mulheres ao longo dos tempos.

O cabelo desempenha um papel determinante na imagem e no bem estar psicológico do indivíduo, são vários os estudos científicos que confirmam este facto. Os estudos publicados concluem unanimemente, que a perda de cabelo é uma experiência causadora de ansiedade, em ambos os sexos, mas substancialmente mais angustiante para as mulheres.

A forma mais comum de alopecia que afecta a grande maioria de homens e mulheres é a alopecia Androgenética mais conhecida como calvície, representando esta cerca de 95% de todas as outras formas de Alopecia conhecidas.

Viver com alopecia androgenética pode ser difícil numa sociedade em que o cabelo é visto como sinal de juventude e saúde. No entanto, muitos médicos desvalorizam a perda de cabelo, recusando-se a considerá-la como um problema médico e gerador de grande sofrimento psicológico.
Há também um desconhecimento generalizado das técnicas mais recentes de tratamento da alopecia androgenética – nos últimos anos assistimos a uma grande evolução dos tratamentos disponíveis para travar a queda de cabelo, bem como das técnicas de transplante capilar.

Na DHI, recebemos em consulta alguns pacientes muito perturbados com a queda de cabelo, referindo que este facto afeta todas as áreas da sua vida, sentindo-se menos confiantes nas relações sociais e amorosas e na atividade profissional, nomeadamente quando esta envolve contacto com o público. Nos casos mais graves, sobretudo em mulheres ou em homens muito jovens, pode estar associado a isolamento social e depressão.

É importante que quem se sente afetado pela perda de cabelo procure tratamento. Infelizmente há ainda muitos problemas médicos e estéticos que afetam a autoestima do paciente para os quais não temos resposta, mas a perda de cabelo não é um deles. Atualmente, são já poucos os casos em que não dispomos de uma solução satisfatória para este problema. Com efeito, o transplante capilar, quando realizado por equipa médica experiente e com recurso a técnicas avançadas, representa uma solução simples e muito eficaz para o problema da baixa autoestima motivada pela queda de cabelo. Na DHI Portugal, com uma técnica minimamente invasiva conseguem-se resultados 100% naturais e eficazes.

Artigo de opinião de Isabel Soares, Diretora Clínica da DHI Portugal

You May Also Like

Novos piripíris com azeite de Oliveira da Serra

Fula Nativos uma gama de óleos alimentares que vai surpreender

Tailor by Maria do Mar para vestir os mais novos. Descubra no vídeo

Já pensou em fazer a sua réplica em 3D? Veja o video

error: Conteúdo protegido. Partilhe e divulgue o link com o crédito @lookmag.pt