“Uma Luz Ao Longe”, de Aquilino Ribeiro

Romance autobiográfico, que continua a história iniciada em Cinco Réis de Gente e fortemente inspirado nas vivências de Aquilino Ribeiro no Colégio da Lapa, onde a linguagem e os objetos por si usados, bem como as suas consequências, revelam o duelo social existente no país.

Amadeu Magalhães, o protagonista, parte ainda criança para a Lapa para fazer a equivalência ao curso do Liceu. Recém-chegado de uma realidade diferente, a distância da família, da aldeia que tão bem conhece, os rigores da Lapa e o regime austero do Colégio levam-no a engendrar uma indiferença, e depois revolta, contra a instituição, e, em alguma medida, algum sentimento antirreligioso. Amadeu acaba por fugir do Colégio e regressar a casa após o exame do Liceu, e é com a partida da família para Lisboa que a luz ao longe titular começa finalmente a brilhar na vida do nosso protagonista.

«Aquilino é senhor mestre, e o essencial não são as peripécias do enredo – embora nunca dispensáveis –, mas sim o modo como a frase e a mera palavra são colocadas diante do senhor leitor para que este se deixe de distracções e se meta inteiro no livro que lhe exige energia da bruta e da boa», Gonçalo M. Tavares

“Uma Luz Ao Longe”
Aquilino Ribeiro
Bertrand

You May Also Like

À conversa com Manuel Molarinho da editora Saliva Diva

“Tyll – O Rei, o Cozinheiro e o Bobo”, de Daniel Kehlmann

Fizemos um workshop de maquilhagem Fun Fashion e adorámos

ModaLisboa Mais divulga calendário de desfiles

error: Conteúdo protegido. Partilhe e divulgue o link com o crédito @lookmag.pt