Sabe ao certo o quão exposto está e como usam os seus dados?

Atualmente, a nossa personalidade não se reflete apenas nas roupas que vestimos, mas também na nossa atividade online. A quantidade de dados
pessoais que expomos está a crescer a uma velocidade vertiginosa e a tornar-se cada vez mais variada. Os gadgets de fitness, por exemplo, já não recolhem apenas os passos que damos ou o nosso ritmo cardíaco. E num contexto como este, em que a saúde se está a tornar particularmente importante, este tipo de dados é de grande valor para as seguradoras, por exemplo.

Uma análise recente realizada por peritos da Kaspersky revela que os nossos dados podem não só ser valiosos para nós, mas também para os cibercriminosos. «Entre os dados mais apreciados e desejados, para posteriormente serem vendidos, encontram-se imagens de documentos, tais como passaportes ou cartas de condução, registos médicos, detalhes de cartões de crédito, contas PayPal e informações de identificação», refere a Kaspersky.

Para manter a privacidade no mundo online e evitar tornar-se vítima do uso indevido de dados, a Kaspersky recomenda seguir estes simples passos:
– Pensar duas vezes antes de publicar nas suas redes sociais – poderá haver consequências negativas na partilha da sua opinião ou dados ou poderá o conteúdo ser utilizado contra si agora ou no futuro?
– Verificar sempre as definições de permissão de todas as contas e aplicações que utiliza, para minimizar a probabilidade de os seus dados serem partilhados ou armazenados por terceiros – e não só – sem o seu conhecimento.
– Usar autenticação de dois fatores para proteger o seu email principal, que está ligado a serviços bancários e outros sites importantes. Para se ligar a outros serviços, é melhor criar um endereço de correio eletrónico secundário.
– Utilizar uma VPN ao ligar-se a redes Wi-Fi não seguras.
– Evitar o uso de palavras-passe fracas ou repetidas.
– Não partilhar dados pessoais com lojas online (que os utilizam para publicidade), acedendo a funcionalidades-chave de soluções de cibersegurança.

Kaspersky y KRAKATAU
Para relembrar a importância da privacidade de dados, a Kaspersky e a KRAKATAU uniram forças e lançaram uma coleção que permite a personalização do vestuário, tendo por base o comportamento online e o nível de consciência dos utilizadores sobre o tema da privacidade. Para o fazer, os utilizadores só precisam de entrar no website e responder a algumas perguntas feitas por um chatbot sobre o seu comportamento online e hábitos de privacidade.
Experimente aqui.

You May Also Like

“Let’s Do Beautiful” a campanha que celebra o 111º aniversário da Douglas

Galante recebe exposição de Mário Belém

Marca portuguesa recebe malas de luxo para reparação. Chama-se Ownever

Principal plataforma europeia de moda em segunda mão chega a Portugal. Chama-se Vinted

error: Conteúdo protegido. Partilhe e divulgue o link com o crédito @lookmag.pt