«As primeiras coisas» de Bruno Vieira Amaral

Bruno Vieira Amaral
as_primras_coisas-lookmag_pt01

Começamos a ler e já não conseguimos parar…bom sinal, dirão. No caso do livro em apreço é o melhor sinal possível, pois nas suas páginas foram desfilando um conjunto de personagens que juntas dão vida à personagem central da obra, um bairro, o Bairro Amélia. Localizado na margem Sul do rio Tejo, o Bairro Amélia é palco de um desfilar de memórias (ou seriam realidades) que nos vão deixando a nós, leitores, presos na malha da escrita pormenorizada de Bruno Vieira Amaral.

Embustes, traições, homicídios, futebol, gastronomia, enfim, um pedaço do mundo que nos rodeia vive a respira no Bairro Amélia, por onde somos levados num ziguezague de emoções, revelações e aspirações…

Primeiro romance de Bruno Viera Amaral, «As primeiras coisas» revelam um autor de olhar sagaz sobre a sociedade, um autor para quem o detalhe e o pormenor fazem parte do contar uma história.

Pelas páginas deste livro percorremos um entrançado de vidas, vidas que se cruzam, que se olham, que se afastam, que se recordam. Altamente aconselhável e definitivamente viciante.

«As primeiras coisas»
Bruno Vieira Amaral
Quetzal
www.quetzaleditores.pt

Texto: Sandra Pinto

You May Also Like

“Bairro Sem Saída” de Fernando Ribeiro

À volta das letras com Cláudia Ganhão sobre “O Teu Minimalismo”

“Tempo de fuga”, de Amadeu Lopes Sabino

Curiosidade: 8 coisas que não sabe sobre James Joyce

error: Conteúdo protegido. Partilhe e divulgue o link com o crédito @lookmag.pt