O Golfinho de Mark Haddon

Do mesmo autor de O Estranho Caso do Cão Morto, chega agora ao mercado português O Golfinho, uma narrativa com uma escrita cinematográfica que leva o leitor a épocas que vão da antiguidade clássica aos nossos dias.

Recriando a peça Péricles, O Príncipe de Tiro – escrita por William Shakespeare e George Wilkins no início do século XVII –, Mark Haddon partilha com o leitor a doentia relação entre um pai e a sua filha, atravessando ao mesmo tempo mitos e lendas, realidade e imaginação, numa viagem épica marcada pela originalidade da escrita e pelo seu caráter sinestésico.

Uma recém-nascida é a única sobrevivente de um desastre aéreo. O pai, um homem demasiado protetor e com um segredo terrível, cria-a em total isolamento, o que a leva a refugiar-se num mundo de livros e aventuras antigas. Porém, um dia, esta menina é visitada por Darius, um jovem que compreende bastante mais do que devia sobre o pesadelo em que ela vive, o que o deixa em grande perigo. Perseguido por alguém que o vê como uma ameaça, a fuga por mar torna-se a única opção. Daí em diante, Darius será Péricles, o príncipe de Tiro, e a sua vida encher-se-á de lances arriscados, de acasos, mas também de amor.
Assim começa uma aventura épica que vai dos nossos dias ao mundo antigo, passando por Londres nos tempos de Shakespeare. Deusas vingativas, ninfas protetoras, mitos antigos e os eternos e insondáveis desígnios das Parcas atravessam também as páginas deste livro. No novo romance de Mark Haddon, as fronteiras entre o real e o imaginado diluem-se para dar lugar a uma narrativa única e imperdível, com ecos de histórias distantes, e onde a força e a resiliência femininas ecoam a cada momento.

O autor
Nasceu em Northampton, em 1962. Trabalhou com crianças e adultos com necessidades especiais e foi também ilustrador e cartoonista em diversos jornais e revistas. Em 1987, publicou o seu primeiro livro para crianças, Gilbert’s Gobstopper, ao qual se seguiram outros títulos dirigidos ao público infantojuvenil.
Em 2003, alcançou um enorme sucesso com o romance O Estranho Caso do Cão Morto, vencedor de prémios como o Guardian Children’s Fiction Prize 2003, o Commonwealth Writers Prize Best First Book Award 2004 e o Whitbread Book of the Year Award 2004.
Depois de uma incursão pela poesia, Mark Haddon regressou à prosa com Boom! (2009), A Casa Vermelha (2012), The Pier Falls (2016) e O Golfinho (2019), o seu mais recente romance agora publicado pela Porto Editora.

O Golfinho
Mark Haddon
Porto Editora

You May Also Like

À conversa com o designer Luís Pinto da Logotomy Designs

Loewe apresenta a sua nova fragrância, Paula’s Ibiza

Guerlain apresenta Fortifying Lotion e Cleansing Oil de Abeille Royale

Aqua Allegoria de Guerlain

error: Conteúdo protegido. Partilhe e divulgue o link com o crédito @lookmag.pt