ModaLisboa Kiss Dia III

Para o terceiro e último dia da ModaLisboa Kiss estavam agendados mais um conjunto de desfiles onde pontuaram as ideias e as propostas dos criadores para a estação fria. Assim se encerrou mais uma grande edição da ModaLisboa. Edição comemorativa que celebrou a moda nacional e os seus criadores.

Kolovrat > Awaytomars

Dia e noite, preto e cor, calma e movimento. Texturas algo complexas, criadas de forma manual pontualmente misturadas com lã e burel (lã tradicional aqui produzida pela Ecolã) surgem na coleção de Kolovrat como uma nova forma de explorar o efeito polaridade. A aplicação de macramé permitiu a construção de texturas que apelam ao tato. Nos materiais sobressaem a seda e a misturas de lã-caxemira. Sobretudo preta, a coleção é complementada com tonalidades vibrantes de amarelo, azul e tons terra.

Awaytomars exploraram o conceito da plataforma sobre as roupas reais, numa colaboração contínua. A seleção de cores contrastantes e complementares pretende mostrar os cortes, a construção e a história do processo de desenvolvimento da peça. O corte é aplicado de forma homogénea e a escolha das costuras está relacionada com o tema da construção.

Saymyname > Nadir Tati

As enormes pinças exteriores são o fator chave do tema da coleção Saymyname, fazendo lembrar a forma dos relâmpagos. Peças simples, como o vestido camiseiro ou o vestido tubular, juntam-se a calças paper-bag, a calças pata de elefante, aos casacos manga raglan oversize, aos casacos compridos de manga blazer e às blusas justas com bainha de godé. Nos materiais destacam-se o neoprene feltrado, o feltro fantasia, acolchoado, malha antracite estampada, popelines, mousseline texturada, felpa americana forrada a prata.

Coleção de vestidos de noite dourados e vermelhos trabalhados ao detalhe. Nadir Tati “transporta” uma história africana que passa por um processo de Identidade e afirmação de um continente que acompanha cada vez mais o mundo num processo de globalização. Drapeados, bordados, transparências, rendas e tecidos africanos dão corpo a esta obra criativa da estilista.

Piotr Drzal > Filipe Faísca

Num universo New Age as mulheres vestem branco, vestem preto, vestem cor. Sem medos ou impedimentos. Mulher multifacetada, determinada, que por vezes também é homem, sem censura e sem idade é a inspiração dessta coleção de Filipe Faísca.

Dino Alves > Luís Carvalho

Dino Alves cria uma espécie de nova classe social, onde não serão os bens materiais, os palácios, os nomes pomposos de família que lhes conferem o título de realeza, mas sim a riqueza do seu caráter, a nobreza das suas atitudes e ações, a solidariedade para com os mais desfavorecidos. As bainhas recortadas, as sobreposições de painéis com as mesmas formas a criar uma ideia de relevo. Detalhes decorativos em pontos manuais macro feitos com fitas de tecidos e furos nas peças e motivos bordados com a mesma técnica. Fazendas de lã e misturas de lã e outras fibras, algodão com polyester, neoprene, veludo cotelê, ganga, popeline de algodão, telas vinil, viscose, entre outros.

Luís Carvalho apresentou a coleção “Cold as Ice”. «Com inspiração nas paisagens nórdicas mais gélidas, as formas do gelo e cristais sugerem linhas mais retas e volumosas para a silhueta, detalhes e padrões, enquanto que a tranquilidade e o silêncio destes locais vão originar formas mais leves e fluídas», diz o criador.

Gostámos, sobretudo, do contraste entre peças práticas com outras mais clássicas. Nas cores o branco, o rosa pálido e os cinzentos.

Texto: Sandra Pinto
Fotos: Joaquim Machado

You May Also Like

MANGO cria coleção solidária com Fundação Fero

MUJI apresenta um mundo de novidades para o Outono

A coleção Snoopy X Tezenis chegou para animar os dias mais frios

Glitterholic para um big bang no final do ano

error: Conteúdo protegido. Partilhe e divulgue o link com o crédito @lookmag.pt