“Génio e Ansiedade”, de Norman Lebrecht

Num período de 100 anos, um punhado de homens e mulheres transformaram o mundo e o nosso olhar sobre ele. O que é que estes visionários têm em comum? As suas origens judaicas. O dom de pensar fora da caixa. O raciocínio rápido.

Muitos são sobejamente conhecidos, como Marx, Freud, Proust, Einstein, Kafka. Outros despareceram da memória coletiva. Contudo, sem Karl Landsteiner, não haveria transfusões sanguíneas. Sem Siegfried Marcus não existiria o automóvel a gasolina. Sem Rosalind Franklin a genética seria bem diferente. Por detrás dessa vaga de génio está uma mentalidade moldada pela religião e cultura judaicas, mas também pelas pressões do antissemitismo.

Neste livro, Norman Lebrecht traça a influência e importância que várias personalidades judaicas tiveram na inovação científica e tecnológica, nas transformações políticas e sociais e nas revoluções culturais entre 1847 e 1947, tendo como fio condutor uma corrente de angústia existencial num período em que os judeus viveram presos pelo temor de que os seus direitos de cidadania e liberdade de expressão sejam revogados, levando estas grandes mentes a pensarem o impensável.

Adequado quer ao perito, quer ao leigo, tem uma linguagem acessível e uma escrita sensível e empática. Organizado pela sequência de episódios marcantes que marcaram este período de 100 anos, resulta numa simbiose perfeita entre história e biografia.

Sobre o autor
Norman Lebrecht é historiador e autor de doze obras de não-ficção e três romances. Os seus livros estão traduzidos em dezassete línguas. O seu primeiro romance venceu o Whitbread Award 2003 e foi adaptado ao cinema, com realização de François Girard. É o autor de Slipped Disc, a página de referência número 1 para música clássica, com 1,5 milhões de visitas por mês. Ao longo da sua carreira jornalística de quarenta anos, colaborou com o Daily Telegraph, apresentou o programa lebrecht.live e The Lebrecht Interview na BBC Radio 3 e foi editor-adjunto do Evening Standard. Escreve para a Standpoint, a Spectator e o Wall Street Journal. Lecionou em Yale, Universidade de Syracuse, SUNY Buffalo, UMKC Kansas City, USC Los Angeles e Carnegie Mellon, entre outras.

“Génio e Ansiedade”
Norman Lebrecht
Bertrand

You May Also Like

À volta das letras com Cláudia Ganhão sobre “O Teu Minimalismo”

Histórias do vinho com Manuel Barros e Filipe Barros da Quinta Dona Matilde

“Tempo de fuga”, de Amadeu Lopes Sabino

Curiosidade: 8 coisas que não sabe sobre James Joyce

error: Conteúdo protegido. Partilhe e divulgue o link com o crédito @lookmag.pt