Em tudo havia beleza, de Manuel Vilas

Primeiro romance do autor a ser publicado em Portugal, Manuel Vilas conta a história profundamente íntima e comovente de um homem que procura no passado o caminho para regressar ao presente.

Impelido por esta convicção, Manuel Vilas compõe, com uma voz corajosa, o relato íntimo de uma vida e de um país. Simultaneamente filho e pai, autor e narrador, Vilas escava no passado, procurando recompor as peças, lutando para fazer presente quem já não está. Porque os laços com a família, com os que amamos, mesmo que distantes ou ausentes, são o que nos sustém, o que nos define. São esses mesmos laços que nos permitem ver, à distância do tempo, que a beleza está nos mais simples gestos quotidianos, no afecto contido, inconfessado, e até nas palavras não ditas.

Saiba mais sobre o livro na entrevista que fizemos ao autor aqui.

Sobre o autor
Manuel Vilas é um premiado poeta e narrador espanhol nascido na Galiza (Barbastro, 1962). Entre os seus livros de poesía destacam-se El cielo (2000); Resurrección (2005; XV Premio Jaime Gil de Biedma); Calor (2008; VI Premio Fray Luis de León); Gran Vilas (2012; XXXIII Premio Ciudad de Melilla) e El hundimiento (2015; XVII Premio Internacional de Poesía Generación del 27). A sua poesia reunida publicou-se em 2010 com o título Amor, e a antologia Poesía completa saiu em 2016. É autor dos romances España (2008), que foi eleito pela revista literária Quimera como um dos dez romances mais importantes da primeira década do século XXI; Aire Nuestro (2009), distinguido com o Prémio Cálamo; Los inmortales (2012) e El luminoso regalo (2013). Também é autor de livros de contos e crónicas. Além dos prémios citados, venceu o Premio Llanes de literatura de viagens, e o Premio de Las Letras Aragonesas, em 2015. A sua obra poética e narrativa figura nas principais antologias espanholas. Escreve habitualmente na imprensa espanhola. Em tudo havia beleza (publicado em Espanha com o título Ordesa) é o seu mais recente romance e o primeiro a ser publicado em Portugal.

Em tudo havia beleza
Manuel Vilas
Alfaguara

You May Also Like

Ivana Müller regressa a Portugal

Super Bock atua no Montreux Jazz Festival

Está quase a chegar a temporada final de A Guerra dos Tronos

Ramiro-Cervejaria, de Alexandra Prado Coelho e Paulo Barata

error: Conteúdo protegido. Partilhe e divulgue o link com o crédito @lookmag.pt