Circuito Lisboa está vivo e apresenta programação para maio e junho

Nos meses de maio e junho, as salas de programação de música da rede Circuito em Lisboa – B.Leza, Casa Independente, Casa do Capitão, DAMAS, Hot Clube de Portugal, Lounge, Lux Frágil, Musicbox, RCA Club, Titanic Sur Mer, Valsa e Village Underground Lisboa – vão realizar uma programação que reúne 120 atividades e envolve 480 artistas e outros profissionais da música. A ação é o resultado visível de um apoio aprovado pela Câmara Municipal de Lisboa no âmbito do plano Lisboa Protege com vista a assegurar a sobrevivência destes espaços, num projeto que viabiliza também o regresso de artistas aos seus palcos.

«O papel pluridimensional desempenhado por estes espaços reforça a necessidade de assegurar a sua proteção: os mesmos são importantes palcos para a experimentação e para o surgimento, afirmação e circulação de artistas, garantem a diversidade e atuam como mediadores sociais e culturais nas comunidades em que se inserem», avançam os responsáveis em comunicado.

As atividades têm início a partir do dia 3 de maio, respeitando as medidas e orientação da DGS em vigor, e toda a informação sobre a programação, horários e bilheteira pode ser consultada em lisboa.circuito.live.

O Circuito vê este apoio como um importante passo no reconhecimento e valorização da importância social, cultural e económica das salas com programação própria de música ao vivo e do seu contributo primordial para o ecossistema da música atual portuguesa. «Tratando-se de uma iniciativa que promove a atratividade da cidade de Lisboa, a mesma revela uma visão estratégica a curto e médio prazo que compreende não só o efeito cultural, mas o impacto económico do conjunto destes espaços na economia das cidades».

You May Also Like

“SALÃO LISBOA” – Mostra de Cinema Português ao Ar Livre

Pedro e os Lobos estão de volta com o novo single “Foguetão”

À conversa com Expresso Transatlântico

Einstürzende Neubauten na Aula Magna e o carisma de um homem chamado Blixa Bargeld

error: Conteúdo protegido. Partilhe e divulgue o link com o crédito @lookmag.pt