A minha vida num disco: Luís Salgado

Não há quem não lhe reconheça o nome no meio mais underground do metal e do rock mais pesado. Desde o Stairway Club até ao Vagos Metal Fest, passando pela Amazing Events Luís Salgado tem vindo a deixar a sua marca na divulgação do metal em Portugal. É esta a escolha de Luís Salgado.

A minha vida num disco: Luís Salgado

Obrigado mais uma vez pelo convite para falar sobre algo que adoro, música, e em específico um álbum que me marcou.
Esse álbum é, sem dúvida, High Visibility dos The Hellacopters.
Apesar de gostar de todos os álbuns da banda, este marcou-me, porque é lançado em 2000 e é mais ou menos o período em que me defini profissional e musicalmente.

Em relação ao álbum, acho que desde o primeiro acorde de Hopeless Case Of A Kid Denial, passando pelos fantásticos roofs de bateria, aos solos que são um hino à guitarra elétrica, as fabulosas linhas de baixo e piano e claro as letras, posso dizer que ainda hoje é um álbum que seja qual for a música que esteja a ouvir vou dançar, fazer air guitar, cantar como se não estivesse ninguém a olhar para mim. A perfeição do estilo que muitos gostam, o Rock’n’Roll, a união perfeita entre blues, soul, punk. Um total arrepio de pele para mim.

Beijinhos e Bom Ano!

You May Also Like

A minha vida num disco: Ricardo Agostinho do site [ar.cai.co]

A minha vida num disco: João Vairinhos

A minha vida num disco: Nuno Miranda da Gruesome Records

À conversa com o músico João Spencer dos Mazarin

error: Conteúdo protegido. Partilhe e divulgue o link com o crédito @lookmag.pt