A minha vida num disco: Hugo Louro de Almeida do Metalpoint

O Metalpoint celebrou 13 anos de existência em 2020. A casa do metal no Porto é um projeto de Hugo Louro de Almeida, o homem que há muitos anos sonhou criar um espaço deste género onde pudesse tocar e acolher quem com ele partilha do mesmo amor e paixão por este género de música.

A minha vida numa disco: Hugo Louro de Almeida

Esta é a minha música de eleição do meu álbum de eleição de sempre: “Fear, Emptyness, Despair” dos Napalm Death.
Foi, sem dúvida, o álbum que mais ouvi até hoje e continua a ser intemporal para mim. Marcou-me pela temática e pela sonoridade corrosiva e caótica que me transmite. Bons anos 90 a nível geral, tanto em criatividade, pioneira neste género, como na simplicidade com que se exprimiam mensagens subliminares.

You May Also Like

A minha vida num disco: Ricardo Agostinho do site [ar.cai.co]

A minha vida num disco: João Vairinhos

A minha vida num disco: Nuno Miranda da Gruesome Records

À conversa com o músico João Spencer dos Mazarin

error: Conteúdo protegido. Partilhe e divulgue o link com o crédito @lookmag.pt