À descoberta de Gaia

Vila Nova de Gaia

Virada para o rio Douro e para a vizinha cidade do Porto, Vila Nova de Gaia cresceu ao sabor do vinho. Morada das caves onde o Vinho do Porto ao longo dos anos tem vindo a ganhar fama e consistência, Gaia revela-se um destino tranquilo onde sabe vem estar.

Desde o século XIII que Gaia não sofre praticamente alterações ao nível da sua dimensão geográfica. Valorizado durante a época medieval, o município mantém a sua importância no que diz respeito ao negócio do Vinho do Porto e das indústrias automóvel, vidreira e de componentes eletrónicos. São milhares os turistas que anualmente percorrem as suas ruas em busca de história, fazendo deste um município com um forte enfoque no turismo e no bem receber os visitantes. Com um tremendo potencial ao nível do desenvolvimento futuro, Gaia surge como um destino a conhecer, onde a gastronomia se destaca, o vinho se aprecia e as pessoas encantam.

Vila Nova de GaiaCâmara Munical
Durante o século XX a cidade mudou e cresceu. Foi a época em que a Avenida da Republica nasceu para a cruzar, transferindo o centro nevrálgico da cidade para a cota alta. Desenhado em 1916 pela arquiteto gaiense Oliveira Ferreira, o novo edifício da Câmara Municipal surgia para surpreender e encantar todos, algo que hoje ainda acontece, tal a beleza da sua fachada.

Vila Nova de GaiaCaves do Vinho do Porto
Toda a área ribeirinha de Gaia ganha novos contornos e habitantes quando se começa a destacar como estaleiro e entreposto comercial. O século XVIII assinala a chegada de estrangeiros e portugueses que por ali fixam residência. Artífices, mercadores e homens de negócios abrem lojas e armazéns nesta área. Aninhado nas caves do Centro Histórico, o Vinho do Porto transforma-se na maior riqueza e símbolo da cidade. É ali que estagia de forma a adquirir um novo gosto, uma maior qualidade e uma vida mais prolongada.

Vila Nova de GaiaPonte Luís I
Inaugurada no dia 31 de Outubro de 1886 pelo monarca que lhe deu o nome, é a mais popular de todas as ligações do Douro. Projectada por Théophile Seyrig, apresenta uma estrutura em verdadeira filigrana de ferro, suportando dois tabuleiros unidos por um arco. Recentemente adaptada à circulação do metro no tabuleiro superior, pode ser atravessada a pé.

Vila Nova de GaiaPonte da Arrábida
A última das pontes antes da Foz do Douro foi imaginada por Edgar Cardoso que a 22 de Junho de 1963 conseguiu deixar o mundo literalmente de boca aberta. Com o tabuleiro sustentado por um arco com um vão de 270 metros, era na altura em que foi criada o maior arco em betão armado do mundo.

Vila Nova de GaiaIgreja de Santa Marinha
Em tempos uma pequena ermida românica foi restaurada consecutivamente no decurso dos séculos XVII e XVIII. Da autoria de Nicolau Nasoni, o corpo da construção é reedificado em 1745 estando a Igreja de Santa Marinha classificada como Imóvel de Interesse Público desde 1974. Exemplo de arquitetura barroca, esta é uma igreja ampla, com bastante luz, de planta longitudinal e nave única com lambril de azulejos em toda a área que se prolonga até à capela-mor.

Vila Nova de GaiaCasa Barbot
Datada do início do século XX é um exemplar único de Arte Nova, em Vila Nova de Gaia. A beleza dos motivos presentes tanto na azulejaria, como nos grafes, estuques e vidros atribuem-lhe requinte. A decoração, obra do escultor gaiense Alves de Sousa, do pintor Veloso Salgado e do estucador Baganha, é sublime.

Vila Nova de GaiaMosteiro da Serra do Pilar
Verdadeiro ex-libris de Vila Nova de Gaia, o Mosteiro da Serra do Pilar está classificado como Património Mundial pela Unesco desde 1996.
Frei Brás de Braga fundou o mosteiro em 1537 para albergar os Cónegos Regrantes de Santo Agostinho provenientes do Mosteiro de Grijó, na altura bastante degradado.
Classificada como Monumento Nacional, a igreja apresenta uma planta circular, coberta por uma abóbada, rodeada por varandim e coroada por um lanternim. Crucial em 1809, aquando das invasões napoleónicas, e em 1832/33 enquanto base militar durante as lutas liberais, foi elevado à categoria de fortaleza sendo desde então um quartel de artilharia.

Vila Nova de GaiaCais de Gaia
Espaço repleto de restaurantes, bares e lojas surge como dos spots mais animados da cidade. Ali os habitantes e os visitantes podem usufruir de modernos espaços público, a marginal ao longo rio de onde se podem observar antigos barcos rabelos e o cais de embarque dos cruzeiros que percorrem o Douro.

Vila Nova de GaiaAfurada
Na margem esquerda do rio Douro quase junto à foz, é a mais recente, pequena e típica freguesia de Gaia. Conhecida pelas tradições piscatórias, pela festa em honra de São Pedro, comemorada no primeiro fim-de-semana de Julho, a Afurada tem na gastronomia um dos seus pontos mais interessantes pois o peixe fresco é oriundo da faina dos seus habitantes.

Vila Nova de GaiaCasa-Museu Teixeira Lopes
Localizada bem no centro de Gaia, este espaço acolhe a casa e o atelier de António Teixeira Lopes (1866-1942). Ali os visitantes podem ficar a conhecer a personalidade, os gostos e os hábitos de um dos mais prestigiados escultores portugueses. Além da produção artística do artista, o espaço acolhe um espólio de artes decorativas, com coleções de mobiliário, cerâmica, têxteis, vidros e ourivesaria, e um núcleo dedicado à pintura portuguesa com obras de Alfredo Keil, António Carneiro, António Ramalho, Aurélia de Sousa, Domingos Sequeira, Henrique Pousão, João Vaz, José Malhoa, Silva Porto, Sousa Pinto, Vieira Lusitano, Vieira Portuense, entre outros.

Vila Nova de Gaia

A equipa Look Mag ficou hospedada no hotel ibis Budget Porto Gaia, o qual podem ficar a conhecer melhor em https://lookmag.pt/blog/ibis-budget-porto-gaia-a-escolha-certa/. Sugerimos ainda como outra opção de estadia na cidade do Porto o hotel ibis Gaia. Mais informações em www.ibis.com.
Saiba tudo sobre o INDOURO Fest em https://lookmag.pt/blog/indouro-fest-2015-para-recordar/.

Texto: Sandra Pinto
Fotos: Luís Pissarro

You May Also Like

A magia do Natal invade o Corinthia Hotel Lisbon

Aqualuz Suite Hotel para umas férias em família

Viaje no tempo com a Passagem de Ano no Dolce CampoReal Lisboa

Pestana Palace apresenta Concerto de Natal

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


*