À conversa com Paulo Santos da FEVIP sobre o movimento #vamosaocinema

O país desconfinou, mas o receio de uma vida “normal” mantém-se. A falta de informação ou excesso dela assim tem ditado o dia a dia dos portugueses que se mantêm nostálgicos com a esperança de tudo voltar ao que era.

Aquilo que temos de perceber é que voltámos ao que éramos, mas num “novo normal”. Hoje todos somos agentes de saúde pública e por isso é necessário respeitar as normas e continuar a viver um dia de cada vez, retomando velhos hábitos como ir ao cinema dai o movimento #vamosaocinema, sobre o qual conversámos com Paulo Santos da FEVIP – Associação Portuguesa de Defesa de Obras Audiovisuais e porta-voz do movimento.


Powered by RedCircle

You May Also Like

À conversa com Sacred Sin

À conversa com o realizador José Filipe Costa

Divagações sobre o papel da rádio nos dias de hoje

“Let’s Do Beautiful” a campanha que celebra o 111º aniversário da Douglas

error: Conteúdo protegido. Partilhe e divulgue o link com o crédito @lookmag.pt