Xavier Rudd na Aula Magna

Xavier Rudd trouxe a sua digressão a Portugal e teve uma noite de lotação esgotada na Aula Magna, em Lisboa.

Veio da Austrália para encher de alegria a sala de espectáculos lisboeta numa noite que deixou todos de alma cheia e coração sorridente. Guitarrista e soprador de yidaki deu vida à consciência ambientalista da sua enorme ilha austral, com uma atmosfera acústica que lhe é característica.

Rudd deixou uma montanha de energias positivas. Durante as duas horas de concerto apelou ao amor, à união, à força humana, à natureza. As músicas trazem para cada elemento do público uma energia poderosa que preenche o corpo de cada um transportando para um universo paralelo onde tudo é perfeito e harmonioso.

De pés descalços e fato de macaco, Xavier arrastou com ele uma Aula Magna inteira de pé, pois durante todo o concerto ninguém parou sentado um segundo.

“Honeymoon Bay”, “Rusty Hammer”, “Come Let Go”, “Storm Boy”, “Gather The Hands” ou “Breeze”, foram temas que não deixaram o público indiferente e que deixaram um apelo à amizade, à paz e ao amor.

Frankie Chavez fez a primeira parte, «confesso que o convite para aqui estar foi feito um pouco em cima da hora, mas estou muito feliz».

Texto: Sandra Pinto
Fotos: Luís Pissarro

You May Also Like

Indiegente Live 2019 Uma noite entre amigos

10 músicas inesquecíveis dos Tindersticks

10 das melhores canções de Jesus and Mary Chain. Concorda?

Mão Morta ao vivo no LAV – Lisboa Ao Vivo a 11 de Outubro 2019 (vídeo)

error: Conteúdo protegido. Partilhe e divulgue o link com o crédito @lookmag.pt