Von Spar edita Under Pressure

“It’s the terror of knowing what this world is about”, David Bowie cantou em 1981, em palco com Queen. Ele realizou a notável proeza de agarrar numa música com esta letra e fazer um hit. Under Pressure de Von Spar também sabe do que se trata este mundo, com a sua postura intimidatória, aguda concorrência social e luta pela sobrevivência à medida que entramos numa era de capitalismo vigilante. A inerente urgência da música está em evidência desde a primeira batida, mas ainda assim parece flutuar livremente, criando espaço para reflexão e auto-interrogação.

O que os outros chamam de “banda”, Von Spar vê como um sistema modular. A comunidade criativa de Sebastian Blume, Jan Philipp Janzen, Christopher Marquez e Phillip Tielsch está num estado de fluxo constante. Von Spar é um interface, dando acesso à redescoberta e à nova experiência do familiar, para todos os efeitos.

Under Pressure é o quinto álbum, sem contar com a homenagem aos Can (gravado ao vivo com Stephen Malkmus). Passaram-se 15 anos desde o disco de estreia Die uneingeschränkte Freiheit der privaten Initiative e cinco anos desde o álbum Streetlife. Numa avaliação mais cuidada, há uma qualidade um tanto camaleónica na discografia de Von Spar. Os seus registos são o resultado duma metamorfose contínua, abrindo frechas ao post punk, krautrock e pop art dos anos 80. As constantes: refinamento rítmico e saltos quânticos harmónicos, arpejos de sintetizadores giratórios, guitarras para trás sem nenhum sinal de retrogradação.

Menos respostas, mais perguntas – este é o maior leitmotif da música. Fica a cargo do baixista low-fi R. Stevie Moore (com mais de 400 álbuns) colocar a questão no “Falsetto Giuseppe” “Should I Worry?” Claro!

You May Also Like

Lola Lola editam 7′ e apresentam videoclip “Killed a man in a field”

Beneath the Eyrie é o novo álbum dos Pixies

MGLA no RCA Club. O nevoeiro chegou a Lisboa…

Billie Eilish no Altice Arena. Casa cheia numa noite para recordar

error: Conteúdo protegido. Partilhe e divulgue o link com o crédito @lookmag.pt