Uma viagem por lugares sem sítio é a proposta de Elena Valsecchi

Caminhar por um sítio que não é lugar, suspendido no ar, com janelas viradas para mundos que não são. Este é o ponto de partida da exposição “PLACELESS” da artista de origem italiana Elena Valsecchi.

«Escolhi a palavra inglesa “placeless” como título da exposição porque muito sucintamente expressa um conceito de negação de lugar e de sítio que sugere de forma particularmente eficaz o universo, ou melhor “não-universo” que vislumbram as minhas novas pinturas», Elena Valsecchi

Este ciclo de pinturas surgiu a seguir dum período de pausa para reflexão que a autora resolveu se acordar para ir mais ao fundo das problemáticas do próprio meio, durante o qual procurou activamente a ajuda de vários artistas portugueses, entre os quais Rita Thomaz, Paulo Brighenti, André Almeida e Sousa, Miguel Ferrão. «O trabalho do artista é a procura sem medos, e entre os medos conta o de se abrir à visão de outros artistas que valorizamos e dos quais sabemos de ter muito para aprender, para que nos ajudem a evoluir no nosso próprio caminho artístico. Portugal tem artistas magníficos, e uns deles com uma generosidade e abertura exemplares», revela a artista.

«Nesta série, quis concentrar-me na poética da imagem, mergulhando em memórias de infância, originais, primárias, que referem-se a uma dimensão não totalmente compreensível e por essa razão misteriosa», Elena Valsecchi

Elena Valsecchi, natural da Itália e actualmente residente em Portugal, teve e tem uma educação artística ecléctica que passa, entre outros, por cursos individuais e tutorias com vários artistas em Itália, Portugal e Argentina, por contínuas pesquisas e estudos individuais, por uma breve passagem na Ar.Co – Escola de Artes Visuais em Lisboa e por cursos e tutorias na MArt – Espaço Projeto Aprendizagem e Experimentação Artística, em Lisboa.

“PLACELESS”
Espaço Manchas de Tinta
Livraria Ler Devagar
LX Factory
Rua Rodrigues Faria. n.º 103 – ed. G 0.3
Horários:
Segunda-feira – 11h00-21h00; de terçaa quinta-feira – 11h00-23h00; sexta-feira e sábado – 11h00-01h00; domingo – 11h00-21h00

You May Also Like

Novas datas para os concertos dos The Toy Dolls em Portugal

Orquestra Jazz de Matosinhos e Kurt Rosenwinkel celebram 10 anos de “Our Secret World”

“Exposição Invisível” chega à Culturgest com curadoria de Delfim Sardo

Exposição “Epicentro: Milagre” tem curadoria do festival Tremor

error: Conteúdo protegido. Partilhe e divulgue o link com o crédito @lookmag.pt