Tremor 2021 surpreende com cartaz com um total de 27 artistas

O festival açoriano está de regresso a São Miguel entre 7 e 11 de Setembro com uma proposta que mantém grande parte dos nomes confirmados para a cancelada edição de 2020.

Angélica Salvi, Clã, Conferência Inferno, Dirty Coal Train, Lena D’Água, Samuel Martins Coelho, Sensible Soccers e Solar Corona compõem a comitiva nacional do festival, que trará ainda aos Açores as actuações de Casper Clausen, Ferro Gaita, Kelman Duran, Larry Gus, Ko Shin Moon, MadMadMad, Vanishing Twin e Warmduscher. Destaque especial para as bandas e projectos açorianos alinhados para este ano: InSeCureFrank, Kazän, Luís Gil Bettencourt e Mário Raposo.

No campo das residências artísticas, Setembro será palco para um novo episódio do já longo trabalho de encontros que o Tremor tem vindo a desenvolver com a Escola de Música de Rabo de Peixe. Para a edição 2021, Jerry The Cat junta-se ao projecto micaelense para um espectáculo que terá no jazz a matéria de negociação e exploração. Causadores de alguns dos momentos mais emocionantes das últimas edições, a colaboração entre o projecto ondamarela e a Associação de Surdos da Ilha de São Miguel volta também a ter espaço central na programação do evento, com a estreia de um novo espectáculo inédito. Esta colaboração é apoiada pela Fundação Galp. Finalizando com a muito antecipada junção entre os guitarristas Norberto Lobo e Filho da Mãe e o baterista Ricardo Martins, numa criação especial que aliará a música a uma intervenção visual.

Os novos nomes juntam-se aos já anunciados: Sofia Caetano, PMDS e Luís Senra, encarregues de criar a paisagem sonora para o Tremor Todo-o-Terreno, assim como a exposição colectiva Epicentro: Promessa, uma criação site-specific desenhada para a Ilha de São Miguel, com contributos do colectivo berru, das duplas Débora Silva e Slim Soledad, João Pais Filipe e Beatriz Brum (com co-produção da ArtWorks), de Gregory Le Lay e da Sonoscopia.

You May Also Like

À conversa com Sacred Sin

Rui Reininho abre a temporada 2021/2022 da Culturgest

Nuno Varudo apresenta o projeto Lisboa Negra

Capa de vinil sobre tapete vermelho – THE CLASH – LONDON CALLING (1979)

error: Conteúdo protegido. Partilhe e divulgue o link com o crédito @lookmag.pt