“The House of Light” de Petri Salo no Espaço Exibicionista

A exposição “The House of Light” tem a particularidade de apresentar a maior obra alguma vez realizada por este artista finlandês. Petri Salo expoem pela segunda vez no Espaço Exibicionista, e uma vez mais convida o observador para uma viagem a mundos fantásticos carregados de simbolismos e mensagens.

Petri Salo1

«Olhar para a obra de Petri Salo preenche a minha mente com perguntas. Qual é a história da mulher com a perna de pau, onde vai o homem tatuado ou porque carrega o centauro uma mala na mão? Ele criou uma galeria de pessoas, que à primeira vista parecem totalmente desconexas, porque não consigo encontrar nada que os una. Contudo, pouco a pouco começo a perceber determinados pontos em comum, uma vez que os vultos representados pelo artista são como marionetas, preciosamente reservadas nas suas próprias realidades, no entanto, numa lógica irreal, como se eu estivesse a andar entre objectos raros numa vitrine de curiosidades, curiosidades essas que são símbolos. Os pormenores das pinturas de Salo são por vezes como referências à relatividade das coisas e ao efeito do contexto. Num segundo relance, esqueço-me de mim e penso sobre o simbolismo de um objecto ou uma entidade individual, quando o meu desejo é designar e conhecer as coisas. Designar não é apenas uma tentativa de explicar a obra, mas também uma questão de curiosidade e acompanhamento. Quero jogar segundo as regras sugeridas pelo artista. O maior segredo da arte é o segredo, uma vez que é um segredo. Os sonhos podem ser lembrados acordado, mas eles apenas existem no sonho. A arte de Petri Salo expressa essa lógica da inacessibilidade sem comprometer a sua fuga do mistério» Juha-Heikki Tihinen

Petri Salo2

“The House of Light”
Petri Salo
Espaço Exibicionista
Até 21 de fevereiro

You May Also Like

Termine e comece o ano com gargalhadas no SOLRIR

Tantas Palavras: a vida e a palavra de Chico Buarque

Teatro Nacional D. Maria II acolhe Quartett

Sabores de Natal chegam à baixa de Lisboa