The Agartha Boutique Hotel a excelência do improvável

Olhando para o mapa de Portugal por vezes somos tentados a pensar que tudo fica longe de tudo, mas a realidade não é bem assim. Por vezes, basta um pouco de iniciativa e de não ficarmos acomodados, para, de malas feitas, partirmos à procura de um Portugal que estando perto nos oferece momentos de fuga, como se de um destino longínquo se tratasse. Foi com este pensamento em mente que num fim-de-semana de chuva nos fizemos ao caminho para descobrir um destes espaços, que, ali para os lados de Tomar, nos deixou irremediavelmente cativados.

Agartha_Hotel-LOOKmag_pt-1-2-3

A uma hora e meia de Lisboa, o The Agartha Boutique Hotel localiza-se numa ruela antiga da aldeia de Sabacheira, uma das muitas freguesias que integram o concelho de Tomar. Precisamente meio caminho entre a cidade dos Templários e Fátima, a unidade consegue congregar em si tudo o que valorizamos quando escolhemos um hotel: tranquilidade, conforto e simpatia. Seguidor de um conceito e de uma filosofia diferenciadora, a unidade apresenta-se com o intuito de agitar as águas na hotelaria da região, apresentando uma proposta absolutamente distinta. Instalado numa casa com centenas de anos e que se apresentava já em avançado estado de abandono, The Agartha é o projecto de um homem que um dia desejou mudar de vida.

Agartha_Hotel-LOOKmag_pt-4-5

O arquiteto Filipe Saraiva conjugou materiais de construção local, como o calcário, com a manutenção de elementos que já existiam no edifício original, como a oliveira centenária que na zona da receção dá as boas-vindas

Há uns anos, Sérgio Freitas, engenheiro civil de formação, foi confrontado com situações que o levaram a ponderar uma mudança, não lhe chamemos radical, mas profunda para a sua vida, com um quotidiano pautado por menos stress e mais entrega, mais tranquilidade. Tendo sempre desejado dar algo de volta à região onde nasceu, foi com alguma facilidade que imaginou este hotel, bastou fazê-lo com o coração. «Tudo remonta a 2010. Sempre senti necessidade de sair da rotina frenética do dia-a-dia, de procurar tranquilidade, para encontrar o equilíbrio e de recarregar baterias, decidi-me então criar para mim e para quem o deseje um empreendimento com estas características». Chamou ao projecto Agartha, «termo místico associado à natureza e que designa o interior da terra, pois estamos num local muito especial, envolvido pela Mãe-Natureza», justifica Sérgio, o qual, depois de à equipa se juntar o arquiteto Filipe Saraiva, passou de sonho a realidade.

Agartha_Hotel-LOOKmag_pt-6-7-8

The Agartha Boutique Hotel situa-se a 10 quilómetros de Tomar e a 17 de Fátima. Bem perto, na maior nascente do rio Nabão, os visitantes podem conhecer a praia fluvial do Agroal

Agartha_Hotel-LOOKmag_pt-9-10-11-12

Setembro de 2016 marca a abertura do hotel. São nove os aposentos onde os visitantes podem fugir da rotina obtendo o tão desejado bem-estar. Cada um destes espaços de descanso apresenta uma tranquilidade fora de série, onde não faltam as mais modernas comodidades e ameneties de qualidade. Sim, estamos no meio do campo, mas pelo hotel um requinte com um toque cosmopolita que nos agrada sobremaneira. A decoração cuidada combina elementos campestres com detalhes trendy trazendo ao ambiente uma aura de destino onde queremos mesmo estar.

Agartha_Hotel-LOOKmag_pt-13-14-15

A opção por peças de mobiliário funcional apresenta-se acertada, especialmente para quem, como nós, viaja em família e na companhia de crianças. Nos materiais sobressai a conjugação de diferentes tecidos de qualidade, enquanto a iluminação escolhida dá aquele aconchego ao qual é impossível ficar indiferente.

Agartha_Hotel-LOOKmag_pt-16-17

Uma dica, se por algum motivo precisar utilizar a secretária não perca tempo a procurar as fichas para ligar o seu computador. Basta que abra o tampo e terá ali várias à disposição. Claramente, pequenos detalhes que fazem a diferença. Ao nível dos aposentos acresce ainda uma casa com cozinha equipada e dois quartos, perfeita para receber famílias ou grupos de amigos.

Vinda da Roménia, uma das muitas recordações das viagens de Sérgio Freitas
Vinda da Roménia, uma das muitas recordações das viagens de Sérgio Freitas

«O hotel foi edificado em estruturas de pedra originais com centenas de anos, mantendo a traça original e todas as características construtivas desta região templária», Sérgio Freitas

Agartha_Hotel-LOOKmag_pt-24_29
Cerca de um mês depois da inauguração do hotel, abre portas o Abundância Restaurante. Diariamente, o espaço aguarda a visita, em pé de igualdade, de hóspedes e passantes, para que todos tenham a oportunidade de degustar as especialidades gastronómicas concebidas pelo chef Pedro Rodrigues. Optando pelos produtos locais, sempre frescos e de grande qualidade, o chef privilegia a gastronomia tradicional portuguesa à qual dá um ligeiro twist de inovação e novidade.

Sala multiusos do The Agartha Boutique Hotel
Sala multiusos do The Agartha Boutique Hotel

A oliveira centenária que na entrada do hotel dá as boas-vindas aos hóspedes
A oliveira centenária que na entrada do hotel dá as boas-vindas aos hóspedes

Num complemento aos serviços da unidade existe ainda uma sala multifuncional com espaço para acolher 75 pessoas sentadas e que se desvenda perfeito para a realização de reuniões de empresas ou festas temáticas, sejam elas familiares, de amigos ou empresariais.

A equipa que faz do Agartha Boutique Hotel o lugar singular e acolhedor pelo qual nos encantámos
A equipa que faz do Agartha Boutique Hotel o lugar singular e acolhedor pelo qual nos encantámos

Engenheiro de formação, hoje Sérgio Freitas dedica-se em exclusivo e de «alma e coração» ao The Agartha e isso percebe-se pela carinho e dedicação com que fala sobre o projeto, «a palavra que mais é usada para descrever o hotel é improvável, e eu não podia estar mais de acordo com ela pois a improbabilidade é uma característica do hotel desde o seu início». Pela nossa parte sentimos que essa dedicação nos é dedicada, pois enquanto hóspedes The Agartha deixa em nós uma tremenda vontade de regressar onde já fomos felizes.

O gato Arisco, a mascote do hotel
O gato Arisco, a mascote do hotel

Texto: Sandra Pinto
Fotos: Luís Pissarro

You May Also Like

A magia do Natal invade o Corinthia Hotel Lisbon

Aqualuz Suite Hotel para umas férias em família

Viaje no tempo com a Passagem de Ano no Dolce CampoReal Lisboa

Pestana Palace apresenta Concerto de Natal