O primeiro romance de José Garzeadebal, "Meio Homem Metade Baleia" convida a uma poderosa e necessária reflexão.

“Meio Homem Metade Baleia” de José Gardeazabal

Num mundo em que a desumanização parece irreversível, um muro divide os homens. Jonas e a sua jovem filha Aliss são conduzidos ao longo do imenso muro por um homem chamado Servantes. A missão é levar água aos menos favorecidos, talvez electricidade. Funcionário de uma organização internacional, Jonas debate-se com o ritmo hesitante da missão. O longo muro, o clima e a distância alimentam dúvidas sobre o significado de civilização, ...

Read More