“Storming Artists” de Tim Madeira e António Alves da Costa

Na exposição “Storming Artists” de Tim Madeira e Antonio Alves da Costa podemos observar o início de um projeto artístico desenvolvido por um artista plástico e um fotógrafo durante o ano 2016.

Uma exposição em que o artista é absorvido pela lente do fotógrafo tornando-se parte da sua própria criação, num processo continuo de experimentação onde fotografia, tintas e texturas fundem numa só tela.

«Um pé, uma mão, um olhar, um clique. Uma imagem.
A fotografia do corpo, que podia ser o nosso corpo.
A nossa pele. O artista transforma-se em modelo e é o objeto da sua própria intervenção.
Tintas.
A criatividade solta-se e faz-se a desconstrução fragmentada do corpo que é o seu.
Fotógrafo e artista plástico, num projeto comum, usam a imagem do movimento do despregar dum cartaz duma parede velha e usam-no como ponto de partida para este projeto. O próprio cartaz, outrora veículo de informação, é reciclado e faz agora parte integrante de todas as novas imagens. A reciclagem de materiais e a transformação do corpo/renovação são o mote para uma reflexão proposta por estes dois artistas. Em cada obra, dois pontos de vista sobre o mesmo elemento», Rui Miguel Germano

“Storming Artists”
Tim Madeira e António Alves da Costa
Até 17 de janeiro
Espaço Exibicionista
Rua D. Estefânia 157 C
1000-154 Lisboa

You May Also Like

Termine e comece o ano com gargalhadas no SOLRIR

Tantas Palavras: a vida e a palavra de Chico Buarque

Teatro Nacional D. Maria II acolhe Quartett

Sabores de Natal chegam à baixa de Lisboa