Robert Forster, fundador dos The Go-Betweens, edita disco a solo

Inferno é o primeiro disco a solo editado por Robert Forster em 4 anos – o segundo dos últimos 11 anos. Forster apenas faz discos quando sente que tem as músicas – em Inferno tem nove nas quais acredita genuinamente.

Inferno foi gravado em Berlim em 2018, durante o verão mais quente das últimas décadas na Alemanha. O notável Victor Van Vugt (Beth Orton Trailer Park, PJ Harvey Stories From The City, Stories From The Sea) gravou o disco; a primeira vez que ele e Forster trabalharam juntos desde o disco de estreia a solo de Forster, Danger In The Past de 1990.

Este disco é uma mistura perfeita do familiar e do novo. Também a trabalhar de novo com Forster, estão os multi-instrumentalistas Scott Bromley e Karin Bãumler de Songs To Play (2015), enquanto novas colaborações acontecem com o baterista Earl Havin (Tidersticks, Mary J. Blige) e o teclista Michael Muhlhaus (Blumfeld, Kante). Quatro músicos dos quatro cantos do mundo que, juntamente com a arrojada e belíssima produção de Victor Van Vugt, soam a uma banda com décadas de trabalho juntos. A liderar a banda, Forster entrega a sua melhor performance vocal de toda a sua carreira.

Nos últimos 4 anos, Forster tem andado ocupado. Foi o curador da histórica edição da Domino Records Anthology Volume 1 1978-1984 da sua antiga banda The Go-Betweens. O seu livro de memórias Grant & I foi eleito pela Mojo e pela Uncut como Livro do Ano. Ele continua a escrever sobre música, dar concertos e nunca pára de escrever bonitas canções.

You May Also Like

Siouxsie and the Banshees, o início da lenda (fotos dos anos 70)

David Bowie pintor. A descobrir mais uma faceta do camaleão.

Cosmic Mass editam disco de estreia “Vice Blooms”

Cabo da Boa Esperança dos Galo Cant’Às Duas chega às lojas em Janeiro

error: Conteúdo protegido. Partilhe e divulgue o link com o crédito @lookmag.pt