Playlists para cerveja: qual a banda sonora do teu paladar?

Playlists para cerveja: qual a banda sonora do teu paladar?

As músicas que ouvimos, tal como os tipos de cerveja que apreciamos num determinado momento, refletem o nosso mood: da serenidade à euforia, da calma à criatividade. Neste artigo, a Super Bock sugere seis playlists à medida do teu paladar: uma por cada marca das suas cervejas.

“Sem a música, a vida seria um erro”, escreveu Friedrich Nietzsche. O filósofo alemão, que até nasceu bem perto de Einbeck, cidade na qual começaram a ser produzidas as primeiras cervejas do tipo “Bock”, cedo percebeu que cerveja e música combinam.

Não é preciso ser filósofo para juntar dois e dois. Há músicas que são inseparáveis das nossas experiências, da amizade e dos momentos em que as ouvimos emocionados. Muitas vezes, a cerveja surge no topo desta equação. Segue as nossas sugestões musicais para cada tipo de cerveja e revive os momentos que marcaram as nossas vidas.

1) Original
Esta é uma playlist intemporal. Bons contadores de histórias, como os portuenses GNR, espíritos criativos como Kendrick Lamar e ícones pop/rock: da energia de Lenny Kravitz e Manuela Azevedo aos refrões contagiantes de Red Hot Chilli Peppers ou Prince. Uma playlist ideal para beber uma cerveja enquanto petiscamos e conversamos com os amigos. Sem tempo contado nem horas para partir.
A tua escolha: Super Bock Original: Uma cerveja fina e consistente, de sabor moderadamente amargo em equilíbrio com leves apontamentos doces provenientes do malte.
Músicas:
> Arcade Fire – No cars go
> Lenny Kravitz – Are you gonna go my way
> Queens of the Stone Age – No one knows
> Clã – GTI
> Lana del Rey – Blue Jeans
> Kendrick Lamar – HUMBLE
> Red Hot Chili Peppers – Give it away
> GNR – Pós-modernos
> Prince – When doves cry
> Gnarls Barkley – Crazy

2) Purista
Esta é uma playlist especial, dirigida a quem conhece os vários estilos de cerveja e, com eles, navega dos clássicos chuckberryanos até à mais perfeita melodia made in Porto, pela voz de Manel Cruz. Um amante de cerveja sente-se bem em qualquer terreno musical: dos acordes metódicos dos The Cure à simplicidade arcaica de Johnny Cash. Os puristas sabem do que falam, apreciam o que bebem e são conselheiros: nas músicas como nas cervejas.
A tua escolha: Super Bock Seleção 1927: Um sortido de cervejas especiais idealizadas pelos mestres cervejeiros mais experientes de Portugal. Produzidas em pequenos lotes, de forma artesanal, na Casa da Cerveja, com ingredientes da mais alta qualidade e da melhor proveniência.
Músicas:
> The Cure – Boys dont’ cry
> Ornatos Violeta – Ouvi dizer
> Chuck Berry – Maybellene
> Johnny Cash – I Walk the line
> The Beatles – I want to hold your hand
> The Kinks – You really got me
> Heróis do Mar – Amor
> Aretha Franklin – Respect
> Moby – Why does my heart feel so bad?
> GNR – Pronúncia do Norte

3) Hipster
Ouvir uma determinada música, e conhecê-la, revela quem somos. É uma forma de estar e viver, de mostrar a personalidade. Esta playlist foi feita a pensar nos hipsters citadinos, embaixadores da cultura urbana que gostam de ouvir as músicas que (parece) que vêm do futuro. Para eles, inovar é um verbo de sentido múltiplo, que pode ser utilizado na cerveja que bebem ou na música que ouvem. Sempre em grande estilo nos momentos que marcam a espuma dos dias.
A tua escolha: Super Bock Coruja: Estas cervejas especiais, ricas em sabor e de aroma intenso, distinguem-se pelo recurso à técnica de “dry hopping”: o adicionar tardio de uma quantidade extra de lúpulo numa infusão a frio, o que lhes confere um marcado aroma fresco a lúpulo.
Músicas:
> The Strokes – Last nite
> Arcade Fire – Rebellion (Lies)
> Kings of Leon – Sex on fire
> Capitão Fausto – Amanhã tou melhor
> Vampire Weekend – Step
> Handsome Furs – Repatriated
> Hot Chip – Ready for the floor
> Filipe Sambado – Alargar o passo
> Glockenwise – Dia Feliz
> Los Campesinos! – Death to Los Campesinos!
> B Fachada – To-Zé

4) Cosmopolita
O prazer de beber cerveja vai além do primeiro gole. Partilha-se nos bares, cafés e restaurantes das grandes cidades mundiais: Nova Iorque, São Francisco, Los Angeles, Porto ou Lisboa. Deixa de lado a vergonha e dá início a uma viagem ao mundo cervejeiro com esta playlist de músicas que contam a história das cidades, dos seus habitantes e a vida de quem os rodeia.
A tua escolha: Super Bock Stout: De personalidade forte, a Stout é uma cerveja preta cremosa e que surpreende pelo sabor distinto. Há um antes e um depois do primeiro gole numa Stout. Duas vidas separadas por alguns segundos de puro prazer.
Músicas:
> Jay Z feat. Alicia Keys – Empire state of mind
> Dino D’Santiago – Nova Lisboa
> Arctic Monkeys – Fake tales of San Francisco
> Gil Scott-Heron – Johannesburg
> Elliott Smith – Angeles
> REM – All the way to Reno
> LCD Soundsystem – New York I love you but you’re bringing me down
> Mind da Gap – Invicta
> Sufjan Stevens – Chicago
> Bon Iver – Calgary

5) Tradicional
Compreender a história ajuda-nos a decifrar o futuro. É assim também com esta playlist: clássica, segura e que nos faz regressar, durante alguns minutos, ao cheiro do vinil, ao Chico Fininho que ginga pela rua e ao misterioso Hotel California. É fácil ouvir estas músicas ao sabor de uma cerveja feita com o saber fiel a costumes ancestrais. Qualquer que seja o teu estado de espírito, não te sintas culpado quando ouvires esta playlist: a História absolver-te-á.
A tua escolha: Super Bock Abadia: Esta é uma cerveja especial, forte e encorpada, com um aroma rico a maltes especiais e notas de caramelo. De cor âmbar, a sua inspiração provém das cervejas feitas pelos monges na Idade Média. Uma cerveja do passado bebida no conforto do presente.
Músicas:
> Rolling Stones – (I can’t get no) Satisfaction
> Jerry Lee Lewis – Great balls of fire
> Rui Veloso – Chico Fininho
> David Bowie – Heroes
> The Police – Every breath you take
> Elvis Presley – Heartbreak Hotel
> Jorge Palma – Bairro do Amor
> The Temptations – My girl
> Tom T. Hall – I like beer
> The Eagles – Hotel California

6) Descontraído
Beber uma cerveja ao som desta playlist é sempre uma boa companhia. Seja com a história de Brandi Carlile, a balada astral de Miguel Araújo ou numa Lisboa prestes a amanhecer. Calma, relaxada e descontraída, esta playlist reflete uma cerveja sem álcool que sabe acompanhar os amigos e apreciar os bons momentos da amizade genuína. Saúde!
A tua escolha: Super Bock sem Álcool: Criada a partir de um processo que garante todo o sabor de uma autêntica cerveja, mas sem o seu teor de álcool, a Super Bock sem Álcool é uma cerveja excecional, para beber sem restrições.
Músicas:
> Brandi Carlile – The Story
> Benjamin Clementine – Cornerstone
> Miguel Araújo – Balada Astral
> Silence 4 – My Friends
> A Banda mais bonita da cidade – Oração
> Bright Eyes – First day of my life
> Sérgio Godinho – Lisboa que amanhece
> Bob Dylan – Like a rolling stone
> Fingertips – Picture of my own
> Luís Severo – Boa companhia

Fonte: Super Bock Casa da Cerveja

You May Also Like

Olivae apresenta “Perto”, o seu novo álbum

Tindersticks no Coliseu de Lisboa. A elegância intemporal das boas canções

Eigreen lançam disco de estreia

Tio Rex apresenta novo vídeo

error: Conteúdo protegido. Partilhe e divulgue o link com o crédito @lookmag.pt