O álbum de estreia “The artist is irrelevant” corta por completo as amarras ao seu autor

O projecto The artist is irrelevant nasce da ideia de que qualquer música – ou qualquer peça de arte, num sentido mais lato – é um recipiente vazio até ao momento em que chega aos ouvidos e ao coração de alguém.

Só no momento em que alguém a ouve e projeta nela as suas alegrias e tristezas, sucessos e frustrações é que ganha verdadeiramente forma e sentido. A partir daí deixa de pertencer ao seu autor e passa a ser parte integrante da vida e das recordações daquela pessoa, naquele momento no tempo. É por isso que quando ouvimos uma música que nos tenha acompanhado numa fase importante da vida, somos imediatamente transportados para esse momento no tempo. Nesse sentido, o artista é irrelevante bem como qualquer explicação acerca da sua criação: em última análise, só interessa a relação emocional que o ouvinte criará – ou não – com as canções.

O álbum de estreia “The artist is irrelevant” explora este conceito e corta por completo as amarras ao seu autor, deixando inteiramente nas mãos dos ouvintes criarem as suas próprias interpretações. Ao mesmo tempo, é também um teste ao valor da música por si só e uma rejeição do culto do “eu” e da imagem, que tem dominado por completo o panorama cultural e social nas últimas décadas.

Os 8 temas que compõem o álbum foram produzidos, misturados e masterizados por Noiserv no seu novo estúdio A Loja, que contribuiu também com a sua voz vocoderizada no tema “Gizmo”. O disco irá sair dia 24 de Janeiro com o apoio da GDA.

O vídeo para o single de apresentação “An empty canvas” foi montado por Pedro Gancho a partir de imagens de filmes de férias antigos, e explora visualmente este conceito da música enquanto banda sonora das nossas memórias

You May Also Like

:PAPERCUTZ edita o seu álbum King Ruiner

Top Ten dos melhores álbuns para os Grand Sun

The Twist Connection apresentam novo álbum “is that real?”

Love Aid #amoremtempodepandemia

error: Conteúdo protegido. Partilhe e divulgue o link com o crédito @lookmag.pt