ModaLisboa Trust (Dia III)

O terceiro e último dia da ModaLisboa Trust decorreu de forma intensa. Pelo Pátio da Galé passaram propostas fascinantes de uma mão-cheia de estilistas nacionais cheios de valor e garra. Nomes como Miguel Vieira, Filipe Faísca e Nuno Gama, trouxeram o requinte ao evento, enquanto que Marques´Almeida . LAB, Vítor . LAB, Dino Alves e White Tent primaram pela liberdade criativa. Tudo junto resultou de forma quase perfeita no dia que encerrou a 40.ª edição do evento.

Por: Sandra Pinto
Fotografia: Joaquim Machado e Amorim Sousa

Marques´Almeida . LAB

Marta Marques e Paulo Almeida inspiraram-se no ” eveningwear, nos anos 2000, no all american girls e em Skunk Anansie” para criarem esta coleção.


Vítor . LAB

“Esta coleção continua no caminho do design de um mundo perfeito. Começamos com a não justificação de nada e a procura de uma série de elementos que não precisam ser explicados, fazem parte deste mundo. Com a ideia de agora completar esse mundo, estamos a desenhar uma religião perfeita para ele. Divindades novas, ambientes novos para uma religião livre e positiva. Como tudo deve ser”, referiu Vítor sobre a coleção que trouxe até à ModaLisboa Trust.


Dino Alves

Dino Alves apresentou “Next Page” uma coleção onde o preto, o branco, o creme, o areia, o caramelo, o azul, o alfazema, o beringela forte e o cerise deram o mote. Já as pregas e os machos sobrepostos conseguiram um efeito fole que remete para páginas e folhas de livros, em propostas de sarjinha 100 por cento lã, cambraia 100 por cento algodão, pele de pêssego, marrocains, malha seda, lycra, algodão, ganga e satins de seda.

White Tent

Pedro Noronha Feio referiu que a coleção que apresentou na ModaLisboa Trust “foi precisamente uma continuação de elementos de várias coleções anteriores que considerámos fortes, testámos no mercado e dos quais tivemos uma resposta positiva e achámos que era o caminho devido para o sucesso ou para o equilíbrio da marca. Temos uma grande seleção de malhas, afastámo-nos da silhueta oversized e começámos a trabalhar uma silhueta mais justa, mais delgada, mais sexy e feminina. Mesmo nos materiais, aliados a esta silhueta, usámos estampados de foil, dourados, lurex, para tornar a coleção mais feminina, menos andrógina, mais apelativa”.

Miguel Vieira

O estilista português afirmou à ModaLisboa que “minha grande inspiração para a esta estação foi a MULHER. A intenção foi homenageá-la, enaltecendo as suas maiores qualidades. Forte. Bela. Sedutora. Delicada. Confiante. Objetiva. Valiosa. Elegante. Compassiva. Racional. Charmosa. Carismática. Poderosa. Terna. Sofisticada. Glamourosa. Determinada. Harmoniosa. Feminina. Verdadeira. Única”.

Filipe Faísca

Filipe Faísca apresentou uma coleção “cor de burro quando foge”», foram estas precisamente as palavras utilizadas pelo estilista para descrever a paleta de cores que deu mote à coleção que apresentou na ModaLisboa Trust. Sob o conceito “de volta a Portugal”, Filipe Faísca apresentou criações com silhueta XL em materiais como o burel, jersey voile em viscose e moutons raze.

Nuno Gama

Nuno Gama encerrou a 40º edição da ModaLisboa no Páteo da Galé e no seu desfile contou com a presença de gente conhecida como Isaac Alfaiate, Paulo Pires e José Fidalgo. De acordo com o estilista “Icosaedro encerra simbolicamente a herança e a responsabilidade de 20 anos geometrizados na solidificação da marca numa estreita trilogia de mente perfeita/atitude perfeita/corpo perfeito. Cada ano, simbolicamente condensado num triângulo equilátero símbolo do homem e da sua virilidade. Um homem perfectu de silhueta longilínea, contrastada por troncos viris, com volumes mais ou menos próximos do corpo. Reafirmamos a paixão pela riqueza das fibras naturais em contraposição pelos novos acabamentos tecnológicos. Os algodões e as lãs continuam a sua disputa hierárquica, num jogo discreto de baço/brilho, contrastando com maneirismos de luxo de excelente aspeto que apelam ao toca-me e à segurança de grandes clássicos. A força dos azuis atlânticos em profundos contrastes de negro, enaltecidos de quando em vez pela paixão do vermelho ou tranquilizados por uma paleta mais tranquila de cinza ou camel”.

Para lá dos desfiles…

Mas a ModaLisboa vive-se tanto em cima da passarela, como fora dela, por isso deixamos um conjunto de caras conhecidas que passaram durante os três dias pelo Pátio da Galé.

http://www.modalisboa.pt/

You May Also Like

Tailor by Maria do Mar para vestir os mais novos. Descubra no vídeo

ModaLisboa COLLECTIVE em Lisboa no mês de Outubro

MO estabelece parcerias com a Adidas e a Reebok

Parfois lança HERE, a nova campanha para o Outono/Inverno 2019

error: Conteúdo protegido. Partilhe e divulgue o link com o crédito @lookmag.pt