Luís Vieira-Baptista apresenta exposição “A vida em nós”

Com o patrocínio da Estoril Sol, a cerimónia de inauguração da exposição de pintura “A vida em nós”, da autoria de Luís Vieira-Baptista, contou com a presença do Ministro da Cultura, Luís Filipe Castro Mendes.

Mais de duas centenas de pessoas compareceram no Centro Cultural de Cascais para assistir a este evento cultural que contou, ainda, com a apresentação da nova versão da peça musical DENEB, do compositor Pedro Teixeira da Silva, dirigido pelo maestro Nikolay Lalov.

Numa introdução sobre a exposição, Luis Vieira-Baptista evoca Eckhart Tolle. “O pensamento e a linguagem criam uma dualidade aparente, uma entidade separada, quando na realidade não é isso que se passa. Na verdade, nós não somos alguém que está consciente da árvore ou da ave que acabámos de ver, do pensamento, do sentimento ou da experiência. Somos a percepção ou a consciência onde, e através da qual, aquelas coisas surgem”.

“O mais importante de tudo, e que serve de mote a esta exposição, é constatarmos que a consciência pura é a Vida antes de ela se manifestar e, uma vez que nós somos essa consciência, a Vida olha para o mundo físico através dos “nossos” olhos.
Então, quando nos reconhecemos como sendo a consciência, revemo-nos em todas as coisas”.

“A vida em nós”
Luís Vieira-Baptista
Patente até 18 de Novembro,
Centro Cultural de Cascais
Curadoria de Conceição Vieira Coelho
Apoio da Câmara Municipal de Cascais e da Fundação D. Luis I
Entrada livre

You May Also Like

Termine e comece o ano com gargalhadas no SOLRIR

Tantas Palavras: a vida e a palavra de Chico Buarque

Teatro Nacional D. Maria II acolhe Quartett

Sabores de Natal chegam à baixa de Lisboa