Os Jaguwar começaram como um trio em Berlim formados por Oyémi e Lemmy em 2012 aos quais se juntou Chris em 2014.

Jaguwar edita “Ringthing” dia 12 de Janeiro

Os Jaguwar começaram como um trio em Berlim formados por Oyémi e Lemmy em 2012 aos quais se juntou Chris em 2014. Até agora editaram 2 Eps na editora americana Prospect Records e tocaram ao vivo numa série de países como Inglaterra, Dinamarca, França, Sérvia, Alemanha, entre outros. Partilharam o palco com We were promised Jetpacks, Japandroids e The Megaphonic Thrift, só para nomear algumas dessas bandas.

Em 2016 enviaram um curto email à Tapete Records com a sua música a pedir para serem a banda suporte dos The Telescopes na sua tour. Qualquer banda que o pedisse suscitaria a nossa atenção e dum momento para o outro os 2 Eps dos Jaguwar passaram a constar como uns dos favoritos na playlist da Tapete Records. Shoegaze, noise e pop. Podemos mesmo dizer que My Bloddy Valentine tiveram e continuam a ter alguma ponta de influência nos Jaguwar.

Já este ano, armados com um impressionante leque de aparelhos de efeitos, guitarras, baixos e amplificadores, apoiados por um prodigioso abastecimento de café e cigarros, montaram acampamento no Tritone Studio em Hof, na Baviera, para gravar o que viria a torna-se “Ringthing”. “Noise & detailed” é como a banda descreve o som deste disco. Os Jaguwar podem ser descritos como um encontro entre os The Cure e os Ride.

You May Also Like

As 15 melhores músicas de 2018 by Filipa Moreno

WoodRock Festival anuncia 7.ª edição

Festival Laurus Nobilis 2019 apresenta cartaz

IDLES no Lisboa ao Vivo e a luta continua