Estas Tonne e veio ao Casino Estoril encher os nossos corações de sons, música e histórias, num regresso a Portugal motivado pela digressão "The Breath of Sound”.

Estas Tonne no Casino Estoril nas cordas da guitarra

Nasceu na Ucrânia em 1975, mas é um cidadão do mundo. Autointitula-se de “trovador dos tempos modernos” que, de guitarra na mão, percorre o globo a espalhar amor e harmonia através da sua música. Chama-se Estas Tonne e veio ao Casino Estoril encher os nossos corações de sons, música e histórias, num regresso a Portugal motivado pela digressão “The Breath of Sound”.

Estas Tonne e veio ao Casino Estoril encher os nossos corações de sons, música e histórias, num regresso a Portugal motivado pela digressão "The Breath of Sound”.

No palco de negro coberto apenas cadeira e guitarra. A iluminar oito focos de luz que, ao longe, mais pareciam raios de sol. Envergando uma tradicional camisa indiana preta, Estas entra em palco emanando uma tranquilidade que se iria manter durante as mais de duas horas de concerto. «É com muito prazer que regresso a Portugal, um dos meus países preferidos muito por culpa das pessoas que aqui tenho vindo a encontrar», refere o músico, «são as pessoas que fazem valer as viagens mesmo que por vezes não percebamos a importância destes encontros».

Estas Tonne e veio ao Casino Estoril encher os nossos corações de sons, música e histórias, num regresso a Portugal motivado pela digressão "The Breath of Sound”.

Pouco conhecido do público em geral, apesar das mais de 40 milhões de visualizações no YouTube, Estas Tonne, que começou a tocar aos 8 anos de idade, apresenta-se como um crente na música como forma consciente no desenvolvimento do Ser Humano. «Há quem saiba o que aqui se vai passar hoje, mas há outros que não», refere no início da noite. «Convém deixar de parte expectativas e ideias pré-concebidas do que entendem por concerto, pois não é isso que se vai passar aqui», esclarece o músico, «hoje, esta noite vamos todos embarcar numa viagem através da nossa história interior, percorrendo o filme da nossa vida que tantas vezes nos passa despercebido devido à rotina e às ocupações que nos enchem os dias». Antes de pegar na guitarra, termina com um convite, «deixem o sentimento fluir para deixarem aqui aquilo que já não necessitam que não vos faz falta e divirtam-se».

Estas Tonne e veio ao Casino Estoril encher os nossos corações de sons, música e histórias, num regresso a Portugal motivado pela digressão "The Breath of Sound”.

Antes de o som invadir o Salão Preto e Prata do Casino Estoril, Estas acende o incenso com o qual acompanha cada uma das suas actuações, sejam elas em sala fechada ou na rua, espaço onde tanto gosta de actuar.

Estas Tonne e veio ao Casino Estoril encher os nossos corações de sons, música e histórias, num regresso a Portugal motivado pela digressão "The Breath of Sound”.

Não nos peçam setlist, nem que enumeremos as músicas que foi interpretando, pois esta experiência fluiu sem interrupções, com a música entrelaçada em si mesma como se de um rio se tratasse, ou, como nos explicou Estas depois do concerto, «como uma construção sem paredes através da qual sentimos o vento, a chuva, o sol em constante mutação».

Estas Tonne e veio ao Casino Estoril encher os nossos corações de sons, música e histórias, num regresso a Portugal motivado pela digressão "The Breath of Sound”.

Ouvir Estas Tonne é embarcar numa viagem única pela fusão da música clássica, com o flamenco, não esquecendo as raízes do cigano e os ambientes electrónicos Soundscape. Ao vivo a amplitude das suas músicas surge num crescendo. A melodia das composições é, por vezes, interrompida pelo poder e força de um arrojo musical que nos transporta a um êxtase pleno entre mente e coração.

Estas Tonne e veio ao Casino Estoril encher os nossos corações de sons, música e histórias, num regresso a Portugal motivado pela digressão "The Breath of Sound”.

A inexistência de pausas entre as músicas leva a que cada um de nós se sinta transportado numa jornada rumo a um universo paralelo, onde cada pessoa conta como um todo, onde nos sentimos completos por estarmos despojados de tudo o que é extra e superficial. A magia da música de Estas é mesmo essa: conseguir despojar o ouvinte de preconceitos e ideias pré-concebidas levando todos numa viagem rumo ao mesmo objectivo, a procura da verdade.

Estas Tonne e veio ao Casino Estoril encher os nossos corações de sons, música e histórias, num regresso a Portugal motivado pela digressão "The Breath of Sound”.

«A vida respira como a música através de cada um de nós. Enquanto confiamos na nossa respiração, confiamos na vida para cantar essa mesma canção, que é a razão pela qual todos nós existimos», Estas Tonne

Estas Tonne e veio ao Casino Estoril encher os nossos corações de sons, música e histórias, num regresso a Portugal motivado pela digressão "The Breath of Sound”.

No final, sem fazer encore, Estas termina com uma canção de embalar, «não serve este lullaby para terminar, mas sim para vos ajudar a perceber o que se passou aqui», refere, «conseguimos silêncio num casino, sim estamos num casino, mas a questão não é onde estamos, mas a nossa atitude em relação a isso». Termina dizendo, «agora, quando as luzes acenderem, cada um volta à sua vida real, mas a experiência que aqui vivemos em conjunto permanece, e isso é o mais importante porque é o mais verdadeiro». Obrigada Estas por nos teres feito felizes, e pelas palavras que ainda hoje ecoam no nosso coração.

Estas Tonne e veio ao Casino Estoril encher os nossos corações de sons, música e histórias, num regresso a Portugal motivado pela digressão "The Breath of Sound”.

Nota: veja a entrevista que fizemos a Estas Tonne no final do concerto aqui.

Estas Tonne e veio ao Casino Estoril encher os nossos corações de sons, música e histórias, num regresso a Portugal motivado pela digressão "The Breath of Sound”.

Texto: Sandra Pinto
Fotos: Luís Pissarro

You May Also Like

As 15 melhores músicas de 2018 by Filipa Moreno

WoodRock Festival anuncia 7.ª edição

Festival Laurus Nobilis 2019 apresenta cartaz

IDLES no Lisboa ao Vivo e a luta continua