Entrevista com Nuno Calado sobre Indiegente Live

No dia 13 de outubro, o LAV – Lisboa ao Vivo vai receber uma noite única, a noite em que o programa de Nuno Calado se transforma num concerto. O Indiegente Live vai levar alguns dos mais importantes nomes da música nacional atual num concerto diferente, sob um conceito igualmente diferente.

Fomos ter com Nuno Calado à Antena 3 e numa entrevista descobrimos tudo sobre o que vai acontecer naquela noite histórica.

Video e edição: Luís Pissarro
Entrevista: Sandra Pinto

Alinhamento do evento

O início fica a cargo do projecto Saturnia do ex-Blasted Mechanism Luís Simões, um mantra psicadélico que se vai encontrar, em certo ponto, com a viola braguesa explorada pel’ O Gajo.

Surma vai misturar a sua sensibilidade com a das Señoritas que se vão apresentar, pela primeira vez, com um baterista, o Nuno Carromeu (Fast Eddie Nelson/ Benguela Blues Connection) e numa das canções com o Tó Trips.

Mr. Gallini é um artista de vários recursos, membro dos Stone Dead, aqui com as canções que escreve e executa, normalmente, a solo e que conta nesta noite com o Fast Eddie Nelson como convidado, que depois irá manter-se em palco, tendo como convidados Adolfo Luxúria Canibal, We Bless This Mess, Sam Alone e Frankie Chavez, que irá apresentar-se, por sua vez, em formato one man band.
Dia 13 de Outubro será uma boa noite para ouvir o tema “My Religion” com as vozes que estão no álbum “Double or Nothing”, já que está na casa Sam Alone. A esta altura da noite surge o homem da cartola, Tó Trips.
Segue Scúru Fitchádu com a descarga de energia provocada pela colisão entre o Funaná e o Punk. Nesta noite, vai ter na bateria Mr. Gallini a quem se juntam os Crise Total representados aqui por Manolo e Ratos.

Quase em fim de festa, os The Poppers apresentam algumas canções do disco “Lucifer” e contam com a participação de Mazgani e de Sean Riley, que também tem o seu momento para apresentar temas do disco “California”.

You May Also Like

As 15 melhores músicas de 2018 by Filipa Moreno

WoodRock Festival anuncia 7.ª edição

Festival Laurus Nobilis 2019 apresenta cartaz

Termine e comece o ano com gargalhadas no SOLRIR