As Casas do Juízo, situadas em Pinhel, na Guarda, são um empreendimento turístico privilegiado, inserido num meio rural e no centro de cinco Aldeias Históricas.

Casas do Juízo turismo rural que está a recuperar uma aldeia no interior do país

As Casas do Juízo, situadas em Pinhel, na Guarda, são um empreendimento turístico privilegiado, inserido num meio rural e no centro de cinco Aldeias Históricas, a 30 minutos de carro do Douro Superior e do Parque Arqueológico do Vale do Côa. Com capacidade para 30 pessoas, este Turismo de Aldeia é constituído por oito casas independentes – de T0 a T4 – inseridas em dois condomínios fechados localizados no centro da aldeia.

As Casas do Juízo, situadas em Pinhel, na Guarda, são um empreendimento turístico privilegiado, inserido num meio rural e no centro de cinco Aldeias Históricas.

Plantadas no cruzamento da Grande Rota das Aldeias Históricas de Portugal e da Grande Rota do Vale do Côa, estas oito casas de campo ajuizadas oferecem tudo o que é esperado numa aldeia típica beirã: a arquitetura tradicional com predominância do granito amarelo, lareira ou salamandra para combater o rigor do inverno, quinta biológica com horta e árvores de fruto, percursos pedestres por caminhos rurais, degustação de pratos tradicionais e ainda a possibilidade de acompanhar o fabrico do queijo ou do pão, e de participar em atividades agropecuárias.

«As Casas do Juízo são feitas para todas as pessoas e famílias, com ou sem filhos, que gostem de espaços tranquilos e de sítios acolhedores, com história e com gente que sabe bem receber e acolher. Para pessoas que frequentem ou queiram conhecer melhor o interior norte do país. Curiosos e adeptos do turismo cultural, do agroturismo, de um turismo ativo ou até do enoturismo. Pessoas que apreciem o contacto com a natureza, o ar puro e o contacto com os animais. Que gostem de paisagens bonitas, de programas ao ar livre, de explorar e de passear, mas também para pessoas que apreciem o silêncio, as coisas boas e o conforto de usufruir do descanso e do sossego de simplesmente ficar por casa», José Pinto Guerra

Uma piscina exterior para os mergulhos de verão é coberta e aquecida durante os meses de inverno, para quem não abdica de relaxar dentro de água ou de nadar mesmo nos dias mais frios. A aldeia do Juízo conta ainda com um pequeno espaço museológico, com vestígios e achados arqueológicos com milhares de anos, que fazem as delicias dos mais curiosos e os transporta para o tempo dos romanos.

As Casas do Juízo, situadas em Pinhel, na Guarda, são um empreendimento turístico privilegiado, inserido num meio rural e no centro de cinco Aldeias Históricas.

E como não há juízo sem uma boa comida e um bom vinho, a Taberna do Juiz completa a experiência nas Casas do Juízo. Seja para recuperar energias dos passeios pelos arredores ou para passar uma tarde a degustar as melhores variedades de petiscos, muito mais que uma mesa com pão e vinho, parar na taberna do Juiz é sentir o despertar dos sabores da região da Beira, e usufruir da boa companhia, do sossego e das boas conversas à volta de uma mesa recheada.

As Casas do Juízo, situadas em Pinhel, na Guarda, são um empreendimento turístico privilegiado, inserido num meio rural e no centro de cinco Aldeias Históricas.

You May Also Like

“Love Story” é o tema do Grupo Hotéis Real para este São Valentim

7 locais a visitar em Portugal no Inverno

Hotel O Artista tem nova diretora

Parador Casa da Ínsua recebe 2019 com requinte e sofisticação

error: Conteúdo protegido. Partilhe e divulgue o link com o crédito @lookmag.pt