CARMEN de Georges Bizet estreia no Casino Estoril e Coliseu dos Recreios

Embora aquando da sua estreia, em 1875, em Paris, tenha sido considerada escandalosa, vulgar, imoral e inadequada para a sociedade da época, a verdade é que hoje em dia é uma das óperas mais conhecidas. CARMEN de Georges Bizet com libreto por Henri Meilhac e Ludovic Halévy, vai estar em cena nos palcos portugueses, dias 26 e 27 de maio, no Casino Estoril e Coliseu dos Recreios (Lisboa), respetivamente.

Escrita em quatro atos, a grande obra prima e última ópera do músico e compositor francês, retrata a história da cigana que não hesita morrer em nome da liberdade e do amor. Para Carmen, o amor é como um pássaro selvagem, que não pode ser aprisionado.

Baseada num romance homónimo da época do historiador, senador e escritor romântico Prosper Mérimée, a história de CARMEN passa-se em Espanha e gira em torno de quatro personagens principais: Carmen, cigana sedutora que trabalha numa fábrica de cigarros e tem a liberdade como seu símbolo; Don José, soldado, obcecado por Carmen e noivo de Micaela; Micaela, noiva de Don José que busca durante toda a ópera restaurar o juízo de seu noivo e Escamillo, toureador e novo amor de Carmen.

Desenrolada numa Espanha ainda franquista, CARMEN regressa a Portugal, agora com encenação da Companhia Lírica Amadeo Vives. Dia 26 de maio, no Casino Estoril, e 27, no Coliseu dos Recreios, mais de 70 artistas, entre o Coro Sinfónico e Escola Organum, a Orquestra Sinfónica Amadeo Vives e a colaboração do Ballet Espanhol Antonio Márquez, apresentam CARMEN. A grande ópera de Bizet

You May Also Like

Festival Política chega a Coimbra já em fevereiro

NECRØ estreia DEATH BEATS, o primeiro single do novo projecto de João Vairinhos e Sara Inglês

Tara Perdida estão de volta com Vida Punk

Graveyard em Portugal no 28 de maio

error: Conteúdo protegido. Partilhe e divulgue o link com o crédito @lookmag.pt