Cabrita apresenta “Dancing with bullets” ft. Tó Trips

O single antecede o lançamento de um LP de estreia a solo, em Outubro, pela Omnichord Records.
Neste disco de estreia, Cabrita, junta quatro saxofones, bateria, teclas e guitarra com o objectivo de explorar fronteiras entre géneros musicais.

Sobre “Dancing with bullets” e a parceria com Tó Trips, Cabrita diz que «ia eu já com uns 10 temas alinhavados e sentia-me prestes a chegar a um ponto de bloqueio. Liguei ao mestre Tó Trips e perguntei-lhe se tinha lá por casa alguma ideia inacabada sobre a qual pudesse compor eu, fazendo assim uma escrita em cadeia. Ele mandou-me esta base de guitarras e percussão que, mal ouvi, me fez um clique. Gravei logo todos os sopros e desenhei o arranjo de bateria para mais tarde o Rui Alves gravar no estúdio Nascer do Som, do Francisco Rebelo. Acabou por ser uma abordagem mais “exótica” ao já conhecido universo sonoro do Tó».

“Dancing with bullets” vem acompanhado de um vídeo realizado por Miguel Leão que representa a primeira parte de uma curta-metragem dividida em quatro atos que serão apresentados ao longo dos próximos meses com o lançamento de outros singles deste disco.

You May Also Like

Cajo, na guitarra e na voz, José Mendes, na guitarra, Cadete, no baixo, e Pires na bateria são os Lisbon South Bay Freaks.

À conversa com Lisbon South Bay Freaks

No fim-de-semana de 25 e 26 de Setembro descobrem-se os “Caminhos da Água” que moldam as paisagens de Lisboa e Almada.

À conversa com o colectivo Baldios sobre o Open House Lisboa 2021

Mad Nomad é um projeto de spoken word onde o jazz, o hip hop, e sampling se unem nas composições originais de Catarina dos Santos.

À conversa com Catarina dos Santos sobre o projeto Mad Nomad

Imagens do arquivo de família de João Cristóvão Leitão lembram-lhe um texto de Borges. Pouco a pouco, transforma Averróis no seu avô.

À conversa com João Cristóvão Leitão sobre vídeo-instalação “em busca de Averróis”

error: Conteúdo protegido. Partilhe e divulgue o link com o crédito @lookmag.pt