Billie Eilish no Altice Arena. Casa cheia numa noite para recordar

Esgotado meses antes da noite que trouxe a Lisboa a cantora de 17 anos, o concerto de Billie Eilish revelou-se um momento de pura loucura onde os fãs se entregaram à sua jovem diva.

Ela que anda em tournée com os pais e o irmão por esta Europa fora, chegou a Lisboa com um pé magoado, mas nem isso a demoveu de dar tudo em quase duas horas de muita energia e entrega.

Billie Eilish é hoje uma das cantoras mais populares. O seu primeiro registo discográfico, “When We All Fall Asleep, Where Do We Go?”, lançado em Março último serviu de alinhamento ao concerto que terminou da mesm aforma como começou, ao som do mega hit “Bad Guy”.

Milhares de fãs aguardavam pela jovem cantora que subiu a palco num ambiente sombrio que nos remeteu para o universo assombrado mas delicioso de Tim Burton.

Em cima do palco Billie Eilish Pirate Baird O’Connell (filha dos actores Maggie Baird e Patrick O’Connell) apresenta-se na companhia do irmão Finneas e do baterista Andrew Marshall. “My strange addiction”, “you should see me in a crown” e “idontwannabeyouanymore” integram o primeiro bloco de músicas cantadas a plenos pulmões pelos fãs, de tal forma que por vezes nem a voz de Billie se fazia ouvir.

A emoção foi crescendo ao longo de toda a noite. “When I Was Older”, “wish you were gay” e “all the good girls go to hell” foram alguns dos momentos mais celebrados. Já Billie Eilish saltou, dançou e distribuiu sorrisos, numa harmonia perfeita com as canções que ia interpretando.

“Ilomilo” e “Bellyache” deram uma festa, para logo depois “Bitches broken hearts” dar o seguimento em momentos onde o tema amor foi central, pois seguiu-se “I love you”, interprtado com Billie e o irmão sentados numa cama suspensa, relembrando o momento em que ambos escreveram o tema.

Quase a terminar “Ocean eyes”, “When the party’s over” e “Bury a friend”. Depois da exbição do videoclip de “All the good girls go to hell”), Billie volta ao palco dizer adeus ao público ao som de “Bad guy”.

Fotos: Everything is New

You May Also Like

À conversa com Rita Sedas da Throwing Punches

Quinta edição do festival online Wash Your Hands Say Yeah

À conversa com a banda Old Dog EP sobre o novo EP “Despertar”

À conversa com Ghost Hunt

error: Conteúdo protegido. Partilhe e divulgue o link com o crédito @lookmag.pt