Paraíso, de Sérgio Tréfaut, estreia no dia 16 de Setembro. Foca-se num grupo de homens e mulheres quase centenários que se junta para cantar.

À conversa com o cineasta Sérgio Tréfaut sobre “Paraíso”

Paraíso, de Sérgio Tréfaut, estreia no dia 16 de Setembro, nas salas de cinema portuguesas.

Paraíso foca-se num grupo de homens e mulheres quase centenários, com amor à música, que se junta para cantar.

Todos os dias ao cair da tarde, mulheres e homens quase centenários reúnem-se para cantar antigas canções de amor nos jardins do Palácio do Catete – Rio de Janeiro. São sobreviventes de um Brasil que desaparece. As suas vidas e os seus cantos são subitamente interrompidos pela pandemia de coronavírus. Este filme é uma homenagem à beleza de uma geração dizimada.

«Paraíso é o retrato de um Brasil que desaparece», refere o cineasta Sérgio Tréfaut em conversa com a LOOK mag.


Powered by RedCircle

Veja mais conversas aqui.

You May Also Like

Brands That Matter: 2022 o regresso da música a Paredes de Coura com a Vodafone

Vagos Metal Fest 2022 Dia I. O regresso mais desejado

Azores Burning Summer, o festival ecofriendly

Festival A Estrada regressa em agosto para a sua segunda edição

error: Conteúdo protegido. Partilhe e divulgue o link com o crédito @lookmag.pt