À Conversa com João Dinis sobre o Portugal Festival Awards

Portugal_Festival_Awards-LookMag_pt00a

São muitos e de vários géneros, tamanhos e feitios. Falamos dos festivais de música, eventos que têm vindo a ganhar uma imensa visibilidade em Portugal. Para premiar os melhores, nasceu há três anos o Portugal Festival Awards. Falámos com João Dinis, um dos mentores do projeto, sobre a edição deste ano.

Como surgiu a ideia de fazer um evento deste género?
A ideia surgiu no âmbito de um curso de Empreendorismo Cultural e Indústrias Criativas que eu e a Rita Pires (co-organizadora do evento) fizemos no ISCTE. No decorrer do curso foi necessário desenvolver um projeto que, neste caso, acabou por se tornar realidade.

Qual a missão/filosofia em que assenta o Portugal Festival Awards?
Para além de premiar os melhores festivais nacionais, é a divulgar todos os festivais que acontecem no nosso país.

Quais foram os números da edição de 2014?
A edição de 2014 contou com 106 festivais a concurso e mais de 12.500 pessoas a votar.

Portugal_Festival_Awards-LookMag_pt01

A adesão às duas primeiras edições foi meio caminho andado para estarmos agora a falar da terceira edição?
A primeira edição foi disruptiva, digamos assim. Serviu como prova de conceito e correu bastante bem nesse aspecto. A segunda edição consolidou o evento no panorama musical e festivaleiro nacional. Esperemos que esta terceira edição seja mais um sinal de crescimento sustentado do projeto.

De que forma são selecionados os festivais? Entram todos os que acontecem no país?
Os festivais candidatam-se e/ou são nomeados pela organização e/ou elementos do júri.

Para quem nos lê, de que forma tudo isto funciona? E, de que forma podem os nossos leitores participar?
Existem 18 categorias nos Portugal Festival Awards: 12 em que os vencedores são votados pelo público e seis em que os vencedores são escolhidos pelo júri. Qualquer pessoa pode votar, em portugalfestivalawards.pt

Até que ponto, eventos como este são importantes para promover a música em Portugal?
Trabalhamos para que sejam bastante importantes! (risos) Falando mais a sério, acho que muitas vezes não é dado o devido crédito aos promotores dos festivais portugueses. Estamos a falar de um tipo de evento que movimenta a economia (a nível nacional e local), que é uma das principais indústrias culturais do país (os 140 festivais que este ano concorrem aos Portugal Festival Awards totalizam mais de 2,3 milhões de espetadores) e que traz, todos os anos, milhares de estrangeiros a Portugal. O que esperamos é que os Portugal Festival Awards possam fazer a sua parte no que respeita promoção e valorização de quem faz parte desta indústria e que conseguiu tudo isto ao longo dos últimos anos.

Portugal_Festival_Awards-LookMag_pt02

Quais as expectativas relativamente a esta edição?
As expectativas são as melhores. O número de festivais a concurso aumentou de 106 para 140, o que é brutal. Esperamos também aumentar o número de votantes e esgotar o Cinema São Jorge pela segunda vez. Adicionalmente, o evento vai ser transmitido em direto pela primeira vez, no Fuel TV, pelo que esperamos também ter boas audiências (risos).

Como pessoas atentas à música e a tudo o que gira em torno dela, como analisam o sector em Portugal?
É um sector em evolução, que acompanha as tendências do que já acontece em todo o mundo. A desmaterialização da música é uma realidade, sendo que a maior parte das pessoas ouve músicas específicas, playlists escolhidas por si (ou por outros), ao invés de um CD no carro, em casa ou no trabalho. Mas também não deixa de ser verdade que o investimento no CD ou no vinil como uma peça de comunicação de determinado artista ou banda é também algo que começa a ser desenvolvido com frequência, tornando o CD ou o vinil um produto para um nicho de colecionadores e fãs.

Há quem afirme que nunca se viveu um período tao fértil na música nacional. Concordam?
A “democratização” da produção musical e da distribuição do conteúdo “música” leva a isso mesmo. Hoje em dia, são vários os artistas que chegam a todo o mundo com música feita em sua casa e distribuída através do seu computador. E isso tem uma força brutal em todo o mundo, sendo que Portugal não é exceção.

Quantos festivais estão a votação?
Estão 140 festivais a votação.

Pelo feedback das redes sociais no ano passado, é prestigiante para um festival ser aqui premiado. Esta rápida boa reputação do evento deixa-vos certamente felizes mas é também um desafio…certo?
É um orgulho perceber que festivais, marcas, artistas e agências valorizam a marca “Portugal Festival Awards”. Mas sim, é um desafio para fazer mais e melhor.

Portugal_Festival_Awards-LookMag_pt03

Quando vão ser anunciados os vencedores e o que vai acontecer nessa noite?
Os vencedores serão conhecidos no dia 17 de novembro no Cinema São Jorge. A cerimónia, para além da entrega de prémios, vai contar com as atuações dos nomeados na categoria Artista Revelação by Antena 3 – Da Chick, Duquesa, Golden Slumbers, Isaura e Thunder & Co. –, em conjunto com a West European Symphony Orchestra.

Todos os interessados podem assistir ao evento? Se sim, o que precisam fazer para marcar presença no Cinema São Jorge?
O evento é aberto ao público, pelo que qualquer pessoa pode assistir à cerimónia. Para isso, basta adquirir o seu ingresso na Ticketline, FNAC ou nos locais habituais. O custo do bilhete é de 7 euros até ao dia do evento e de 10 euros no próprio dia.

E vocês, são fãs de festivais?
Claro!

Na vossa opinião o que tem os festivais de enriquecedor para os visitantes?
Em primeiro lugar e acima de tudo, a possibilidade de ver diversas bandas/artistas de que se gosta. Depois, o ambiente que se vive, muito diferente daquele que se sente num concerto em nome próprio.

Podemos avançar que este projeto é para continuar? Em 2016 vamos ter a quarta edição dos Portugal Festival Awards?
Esperemos que sim. Estamos a trabalhar para isso!

http://portugalfestivalawards.pt/votacao2015/

Por: Sandra Pinto

You May Also Like

À conversa com All Kingdoms Fall

À conversa com Teresa de Sousa aka Da Chick

À conversa com Manuel Molarinho da editora Saliva Diva

À conversa com Paulo Rui vocalista dos Besta

error: Conteúdo protegido. Partilhe e divulgue o link com o crédito @lookmag.pt