Diogo Lima realizou "Os Últimos Dias de Emanuel Raposo", um mockumentary sobre um apresentador da televisão pública açoriana nos anos 1990.

À conversa com Diogo Lima sobre “Os Últimos Dias de Emanuel Raposo”

Diogo Lima realizou “Os Últimos Dias de Emanuel Raposo”. Este é um mockumentary sobre um apresentador mítico da televisão pública açoriana no início dos anos 1990.

Nas gravações do último episódio do programa que marca a sua despedida do pequeno ecrã, uma semana de trabalho turbulenta coloca Emanuel Raposo em rota de colisão com colegas de trabalho e em confronto com a aproximação do fim da sua carreira.

Este é um filme de ficção independente que, com um apoio simbólico por via da bolsa Jovens Criadores do festival Walk&Talk, juntou uma equipa de profissionais açorianos e lisboetas, mobilizando mais de 20 elementos e diversas instituições que se disponibilizaram para a criação de uma produção de época complexa.

Tendo vindo a desenvolver um trabalho como editor e realizador, Diogo Lima tem apresentado curtas e documentários que refletem uma forte ligação com o imaginário açoriano, seja através de referências culturais ou elementos autobiográficos, introduzidos através do humor e da sátira.

Isso mesmo acontece com “Os Últimos Dias de Emanuel Raposo” que integra agora o cartaz do festival IndieLisboa 2021 e sobre o qual estivemos à conversa com Diogo Lima.

Powered by RedCircle

You May Also Like

Teresa Fabião luta contra o HIV através da arte

Teresa Fabião luta contra o HIV através da arte

À conversa com Julita Santos sobre The Great Lisbon Club 2021

À conversa com Julita Santos sobre The Great Lisbon Club 2021

Sons da Mongólia no Museu do Oriente

Sons da Mongólia no Museu do Oriente

Musicálogos, a mais recente iniciativa da Capote Música, são primeiros encontros entre compositores de diferentes áreas musicais

Capote Música apresenta Musicálogos

error: Conteúdo protegido. Partilhe e divulgue o link com o crédito @lookmag.pt