A banda sonora da quarentena de Soraia Simões de Andrade

Soraia Simões de Andrade nasceu em Coimbra. Historiadora da música, pós-Graduada em Estudos de Música Popular e Mestre em História Contemporânea pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. É investigadora integrada do Instituto de História Contemporânea da FCSH NOVA, realizadora, escritora e curadora. A história oral, a relação entre música e cultura populares com sociedade, memória e género são os universos em que têm incidido as suas investigações. Soraia é responsável pela Associação Mural Sonoro e esta é a banda sonora para a sua quarentena.

Joana Gama “Arcueil”

Federico Mompou «Musica Callada»

Carla Bley “Jazz Realities”

Sérgio Godinho “O primeiro Dia”

Elis Regina “Dois na Bossa”, live de 1965

Billie Holiday “Blue Moon”

Talking Heads “Road to Nowhere”

Nara Leão “Meditação”

Patti Smith “People have the Power”

Laurie Anderson “Language is a Virus”

José Mário Branco “Inquietação”

You May Also Like

À conversa com Carlos Mendes dos The Twist Connection

À conversa com os The Miami Flu sobre a nova “New Season”

À conversa com Rita Sedas da Throwing Punches

Quinta edição do festival online Wash Your Hands Say Yeah

error: Conteúdo protegido. Partilhe e divulgue o link com o crédito @lookmag.pt