Sons da Mongólia no Museu do Oriente

Sons da Mongólia no Museu do Oriente

Uma interpretação contemporânea da música tradicional da Mongólia é o que Egschiglen traz ao Museu do Oriente, num concerto que percorre a história do seu país através de arranjos harmoniosos e instrumentos e técnicas vocais típicos da Ásia Central.

Variada e expressiva, a música de Egschiglen, grupo fundado em 1991, é feita de contrastes e com uma grande capacidade evocativa. O estilo de canto khoomii, que consiste em produzir, ao mesmo tempo, um som muito agudo e muito gutural, parece quase sobre-humano. No entanto, a música soa familiar, expressando sentimentos humanos intemporais como o amor, tristeza e gratidão.

A música de um país é inspirada na sua paisagem e no modo de vida do seu povo. A Mongólia, no coração da Ásia, é um território vasto, aproximadamente doze vezes maior que Portugal. É um país com pastos intermináveis e a beleza árida do deserto de Gobi. Nas montanhas nevadas de Altai e Changai, rios cristalinos atravessam florestas e planícies. Grande parte dos mais de dois milhões de mongóis vive, ainda hoje, uma existência nómada, em harmonia com a natureza e seu ritmo, juntamente com suas “cinco jóias”: cavalos, camelos, vacas, ovelhas e cabras. A música dos mongóis respira a liberdade e o poder deste estilo de vida despojado e próximo da natureza.

Reforçando a sua vertente multicultural e o diálogo entre civilizações, o Museu do Oriente organiza o ciclo Músicas Escondidas para dar a conhecer a tradição musical de países como o Iraque, a Síria, o Curdistão, o Irão, a Mongólia e o Afeganistão. São assim reveladas ao público músicas da antiga Rota da Seda que era, também, uma rota de poetas e cantores.

O último concerto do Ciclo Músicas Escondidas realiza-se no dia 4 de Fevereiro de 2022 e apresenta Daud Khan Sadozai e a magia da música clássica afegã.

Ciclo Músicas Escondidas – Egschiglen (Mongólia)
10 Dezembro, sexta-feira
19h00
Preço: 15euros

You May Also Like

Brands That Matter: 2022 o regresso da música a Paredes de Coura com a Vodafone

Vagos Metal Fest 2022 Dia I. O regresso mais desejado

Azores Burning Summer, o festival ecofriendly

Festival A Estrada regressa em agosto para a sua segunda edição

error: Conteúdo protegido. Partilhe e divulgue o link com o crédito @lookmag.pt