«O Sabor do Paraíso»

«O Sabor do Paraíso»-lookmag

Este não é um livro fácil. Esta não é uma leitura simples. Nas páginas que compõem «O Sabor do Paraíso» encontramos um relato simultaneamente duro, comovente e mordaz da luta pela sobrevivência nos gulags estalinistas.

A obra lançada pela Betrand Editora nasceu a partir da reconstituição das páginas que davam vida às memórias de Icek Erlichsom. Escritas em iídiche, nelas lia-se sobre a sua condição de judeu e a sua passagem por sucessivos campos de concentração e de trabalho nazis e soviéticos.

Na primeira página o autor esclarece, «Este livro não é realmente um livro. É um documento – um documento sem comentários ou anotações. (…) É um retrato do que me aconteceu depois do rebentar da guerra em 1939 e um retrato daquilo que vivi em solo soviético.»
Icek Erlichsom nasceu na Polónia, em 1921, tendo vindo a falecer em Brooklyn, na cidade norte-americana de Nova Iorque, em 2003.

«O Sabor do Paraíso»
Icek Erlichsom
Bertrand Editora
www.bertrandeditora.pt

Texto: Sandra Pinto

You May Also Like

“A Arte da Guerra”, de Sun Tzu, e “O Livro dos Cinco Anéis”, de Miyamoto Musashi

“A Guerra Civil de Espanha – 1936-1939”, de Antony Beevor

“Angela Merkel, Retrato de uma Época” Ursula Weidenfeld Casa das Letras

“Angela Merkel, Retrato de uma Época”, de Ursula Weidenfeld

“O Crespos”, de Adolfo Luxúria Canibal

error: Conteúdo protegido. Partilhe e divulgue o link com o crédito @lookmag.pt