À conversa com L-BLUES sobre novo disco “Luz”

A banda L-Blues vai editar o seu terceiro registo discográfico, “Luz”, tendo sido o pretexto para trocarmos com eles dois dedos de conversa.

Quem são os L-BLUES?
Somos a Ana Neto na voz, o Bruno Lopes na voz, guitarras e harmónicas, a Céu Neiva nas guitarras e teclas, o Diogo Silva no baixo e o Jorge Braga na bateria.

Como e quando surgiu o projecto?
Os L-Blues têm a sua origem na criação do projecto “Guitarras de Manhente: Escola de Rock”. Da Escola para a criação da banda com alguns talentos lá desenvolvidos foi um passo.
O CD de estreia Vol.1 dos L-Blues foi editado em 2016 e permitiu à banda percorrer o país durante dois anos. Em Fevereiro de 2018 a banda lança o disco Vol.2 que foi gravado no AMP Studio com produção do Paulo Miranda. É um disco de puro Rock N’ Roll e Blues. Depois do primeiro single “Outono”, que teve honras de entrar em muitas playlists de várias rádios nacionais, a banda lança o segundo single “Ódio de Amor” e embarca na tour vol.2 2019 com cerca de 30 datas realizadas e várias aparições na televisão nacional.

Que significa o vosso nome e que mensagem procuram transmitir com ele?
O folk, country, blues, rock e a poesia caminham lado a lado na ideologia desta banda. O seu nome faz uma homenagem à mitologia do pacto com o diabo de Robert Johnson e da encruzilhada (crossroads) dos Blues. O “L” no nome da banda deve se pronunciar “Hell”!
E a mensagem que pretendemos transmitir é de resistência e acreditar que somos capazes de todo que nos propusemos fazer.

Em que se inspiraram para dar vida a “Luz”?
Temos a plena consciência do quanto difícil é acreditar nos nossos sonhos até porque temos sempre alguém a dizer que não iremos conseguir alcançá-los. Apesar de haver trevas e dificuldades à nossa volta há sempre “a luz ao fundo do túnel”. Este conceito foi idealizado em Janeiro na altura da pré-produção do disco e nunca prevíamos que a poesia escrita para as letras das canções tomassem um peso enorme nos dias que correm! É a vida a imitar a arte!

Quando será lançado?
O disco “Luz” será lançado a 1 de Junho e vai ter distribuição digital mundial em todas as plataformas de venda online.

Como é que se desenvolve o vosso processo criativo?
Normalmente o processo criativo é contínuo. Estamos sempre a compor e a partilhar ideias musicais e literárias que depois são trabalhadas nos ensaios. Quando vamos para estúdio as músicas já estão muito solidificadas.

Como viveram esta situação de quarentena?
Foi e está a ser muito difícil. Gravámos o disco em finais de Fevereiro um dia depois da nossa participação no Villa Sessions, o Festival de Blues de Vila do Conde onde partilhámos o palco com artistas ingleses.
A mistura e masterização do disco já foi feita à distância com o produtor do AMP Studio de Viana do Castelo. Mas ver todos os concertos de apresentação do disco adiados/cancelados foi um choque terrível de se aguentar… E a incerteza do momento é a parte mais complicada que temos de enfrentar.
Resolvemos adiar o lançamento para 01 de Junho como forma de manter a esperança e a arte viva! Porque o que nos foi tirado em nome de um bem maior, foi a liberdade, primeiro a nossa saúde e a do próximo, mas o preço a pagar é enorme!

Que novidades têm previstas que possamos divulgar?
Além do lançamento vamos em breve divulgar o nosso videoclip do single “Ausência”, que aliás já está a rodar nas rádios nacionais. O videoclip vai ter a produção da Unbox Films e deverá estar pronto antes do lançamento do disco.

Perguntas rápidas
– Vinil ou CD – CD
– Verão ou Inverno – Verão
– Rock ou pop – Rock
– Doce ou salgado – Doce

L-Blues Facebook
L-Blues Instagram
L-Blues Youtube

Cinco músicas que inspiraram a criação de “Luz”

Graveyard – Too much is not enough

Dewolff – Medicine

Aerosmith – Dream on

ZZ Top – La Grange

Pink Floyd – Shine on crazy Diamond

You May Also Like

À conversa com o artista urbano Miguel Mazeda aka Guel Do It

A playlist de Rick Chain, músico de Besta e de Sinistro, para este estranho Outono

Atheist regressam a Portugal em 2021

À conversa com Gonçalo Riscado da associação Circuito sobre a campanha #aovivooumorto

error: Conteúdo protegido. Partilhe e divulgue o link com o crédito @lookmag.pt